ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 18º

Política

Processo de impeachment continua e será votado domingo, define Supremo

Por Nyelder Rodrigues | 14/04/2016 23:38

Após manter a ordem da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara Federal por estados, intercalando bancadas pelas regiões do país, o STF (Supremo Tribunal Federal) manteve também a tramitação do processo, contestado pela AGU (Advocacia-Geral da União) em processo que pedia a sua anulação à Corte máxima.

Seis ministros votaram contra a ação da AGU nesta noite de quinta-feira (14), já formando maioria de votos e mantendo para domingo (17) a votação que vai ocorrer na Câmara. Se aprovado - precisa do voto favorável de dois terços dos deputados -, o impeachment segue para avaliação do Senado, que deve se decidir pela legitimidade do impedimento em maio.

O relator do processo, o ministro Edson Fachin, votou pela continuidade do processo de impeachment. Ele foi seguido pelos ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Carmen Lúcia e Gilmar Mendes.

Enquanto a defesa afirma que o direito de defesa da presidente foi violado, já que juristas como Janaína Paschoal e Helio Bicudo se manifestaram durante sessões na Câmara. Porém, no entendimento da maioria dos ministros, não houve irregularidades por parte da Comissão Especial que tratou da questão.