A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

07/08/2019 12:35

Profissionais de saúde podem ter plano de combate à depressão

Plano prevê medidas para prevenção e tratamento, além de realização de palestras e campanhas

Leonardo Rocha
Deputado Felipe Orro (PSDB), autor do projeto, ao lado de Antônio Vaz (PRB), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)Deputado Felipe Orro (PSDB), autor do projeto, ao lado de Antônio Vaz (PRB), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

Profissionais de saúde de Mato Grosso do Sul podem dispor de um plano de combate à depressão e suicídio, por meio de medidas de atendimento e tratamento. Esta proposta foi apresentada hoje (07), na Assembleia, pelo deputado Felipe Orro (PSDB). A matéria segue para as comissões, para depois ser votada em plenário.

O plano prevê um acompanhamento dos servidores para identificar sintomas (depressão), dando o devido tratamento para que não haja evolução no quadro. “São profissionais que vivem sob constante pressão por conta de um trabalho exaustivo físico e psicológico”, disse o autor.

Além do tratamento, também estão previstas parcerias com instituições da sociedade civil e universidades, para realização de palestras, campanhas, atendimentos e até monitoramento de casos. “Dificuldades financeiras ou emocionais desempenham um fator significativo para evolução do quadro, que pode gerar suicídio”.

A proposta agora segue para CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), onde vai ser avaliada a legalidade da matéria, para depois votada pelos deputados. Caso seja aprovada, ainda precisa passar pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions