A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/02/2014 07:54

Projeto prevê ampla divulgação de disque-denúncia contra violência a mulher

Leonardo Rocha
Projeto do deputado Rinaldo Modesto prevê divulgação de disque-denúncia em locais públicos contra a violência a mulher (Foto: Divulgação)Projeto do deputado Rinaldo Modesto prevê divulgação de disque-denúncia em locais públicos contra a violência a mulher (Foto: Divulgação)

O projeto de autoria do deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) prevê a divulgação em diversos locais do disque-denúncia nacional contra a violência a mulher. De acordo com a proposta, a população não tem conhecimento sobre este serviço disponível às vítimas destas agressões.

O telefone terá sua divulgação em placas que ainda terão a mensagem: “Violência contra a mulher é crime: denuncie! Disque 180”. Ela deve ser exposta de forma obrigatória em restaurantes, pensões, bares, pousadas, motéis, lanchonetes e hotéis.

“É conveniente e de interesse público que haja uma campanha de divulgação do mencionado serviço, pois assim haverá um significativo número de pessoas que tomarão ciência do número 180”, destacou Rinaldo.

Quem descumprir esta determinação poderá sofrer multa de 1.000 Uferms (R$18.400,00), se houver reincidência no caso esta multa pode ser agravada em até 10 vezes.

Além dos locais citados, estão incluídas nesta divulgação clubes sociais, casas noturnas, salões de beleza, academias, postos de abastecimento de veículos, associações recreativas e locais de transporte público.

De acordo com o deputado, um dos fatores que contribuem para esta “realidade” de agressões no país, está o receio em denunciar o agressor, pois o denunciante pode ficar exposto a represálias. Com esta denúncia em sigilo, irá evitar a exposição de quem denuncia.

Presidente Michel Temer deve ter alta na manhã desta sexta-feira
O presidente Michel Temer deverá ter alta hospitalar na manhã desta sexta-feira (15), informou o médico Roberto Kalil Filho, que coordena os cuidados...
Interrogatório de Lula na Operação Zelotes é marcado para fevereiro de 2018
A Justiça Federal em Brasília marcou para o dia 20 de fevereiro de 2018 os interrogatórios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho ...
Senado aprova desconto de dívidas de produtores rurais e texto segue para sanção
O Senado concluiu a votação, nesta quinta-feira (14), do projeto que permite a renegociação das dívidas de produtores rurais, estabelecendo descontos...


Mulheres! Levante a mão aquelas que sofreram algum tipo de violência nos finais de semana e tiveram a atenção das depacs PIRATINIGA OU CENTRO . O atendimento da DEAM é DEZ e a dessas duas delegacias é ZERO! Infelismente a DEAM só funciona de segunda a sexta e, nos finais de semana, as mulheres ficam a deriva.Falta qualificação para os atendentes dessas duas delegacias e não projeto de divulgação de disque denúcia ou melhor, GOVERNATES a DEAM tem que funcionar todos os dias 24hs por dia.Só a DEAM colaca freio nesses que dizem ser homens e agridem as mulheres.
 
Fabiano Nunes Dávalos em 19/02/2014 14:24:09
A mulher jamais deve se calar, não importa a condição em que ela se encontra quando ameaçada ou agredida. Deputado Rinaldo Modesto valeu pela iniciativa, as integrantes do Grupo de Defesa e Orientação às Mulheres Irmã Leila o agradecem.
 
Luciana Broca em 19/02/2014 14:13:40
Parabéns ilustre deputado RINALDO MODESTO, o momento que atravessamos não é nada acalentador, pois a mulher a cada dia está sofrendo com essa violência. Aqui não se discute qual o instrumento para que seja divulgado esse disque-denúncia 180, qualquer meio é louvável e pertinente para tanto. Causa me estranheza, Senhora Deborah, sua posição crítica pela maneira que o Dep. Rinaldo está tentando divulgar, ainda mais, esse DISQUE-DENÚNCIA 180. enhora Deborah, seeu lamentável posicionamento nos revela um possível "sentimento" que move muitos homens agressores das mulheres do Brasil!!
 
Pedro Alcântara Medeiros em 19/02/2014 11:55:29
Deborah, primeiramente você sabe o que é um Projeto de Lei? Segundo, é fácil falar né.. "Ah não tem necessidade de Projeto". Não só nossa cidade, mas todo o Estado e o País está vivendo um extremo caos na Violência Doméstica. Nosso Deputado Rinaldo Modesto está de parabéns. Ele e sua irmã, Vereadora Prof. Rose Modesto que também está com o Projeto de Lei do "Botão do Pânico". Temos que acabar com essa Violência, com essa covardia.
 
Otavio Coelho em 19/02/2014 11:22:37
Nossa!!! Pra fazer divulgação de um projeto contra a violência tem necessidade de fazer projeto...É só divulgar e pronto, faz panfleto, põe no rádio, nas escolas...
A que ponto chegamos...
 
deborah campos em 19/02/2014 08:59:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions