A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

09/10/2017 09:33

PT anuncia filiação de 600 pessoas, entre militantes e líderes sindicais

Ato de filiação aconteceu no sábado, dia 7, em Campo Grande e outras cidades do interior de MS

Mayara Bueno
Ato de filiação do PT, no sábado, dia 7. Entre as lideranças, o deputado Pedro Kemp (de azul). (Foto: Ricardo Campos Jr.)Ato de filiação do PT, no sábado, dia 7. Entre as lideranças, o deputado Pedro Kemp (de azul). (Foto: Ricardo Campos Jr.)

Em ato no sábado, dia 7, o Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul filiou 600 pessoas. O balanço foi divulgado pela assessoria da legenda, que estimava, anteriormente, receber 300 novos quadros.

Sem nenhum nome conhecido, há pessoas de movimentos sindicais, comunidades indígenas, das áreas de cultura, jurídica e educação. O partido perdeu em setembro pelo menos 390 filiados. Boa parte, como o ex-presidente do PT, Antônico Carlos Biffi, migrou para o PDT.

"Nossa expectativa inicial era de receber de 200 a 300 novos filiados, mas ao final do evento foram contabilizadas 600 novas filiações de Campo Grande, Corumbá, Três Lagoas, Coxim, Ponta Porã e outros municípios", comemorou o deputado federal Vander Loubet (PT) pelas em sua página no Facebook.

No sábado, o parlamentar afirmou que o partido trabalha com três opções para disputar o Governo de Mato Grosso do Sul, que são: Pedro Kemp, deputado estadual, José Orcírio Miranda dos Santos, Zeca do PT, e o ex-reitor da UFMS (Universidade Federal da Grande Dourados), Damião Duque de Farias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions