A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/06/2016 15:00

PT define 15 candidatos a prefeito no Estado e proíbe algumas alianças

Alberto Dias
Encontro reúne mais de cem petistas na Capital. (Foto: Divulgação) Encontro reúne mais de cem petistas na Capital. (Foto: Divulgação)

O diretório estadual do Partido dos Trabalhadores definiu neste sábado (25) que terá candidatos a prefeito em 15 cidades de Mato Grosso do Sul. Para concorrer à cadeira de vereador, o partido concorrerá em todos os 79 municípios do Estado, segundo informação do presidente estadual da sigla e ex-deputado federal, Antônio Carlos Biffi. Conforme ele, serão mais de 30 candidatos em Campo Grande e a meta otimista é eleger de três a quatro vereadores na Capital.

Entre os municípios com candidatos petistas a prefeito estão: Mundo Novo Nova Andradina, Sidrolândia, Aquidauana, Anastácio, Ladário, Itaquiraí e Itaporã. Apenas um concorrerá à reeleição: Erney Cunha Bazzano Barbosa, em Jardim, a 230 quilômetros da Capital. Em outros municípios, como Corumbá e Rio Verde, prefeitos que concorrem a mais um mandato deixaram o partido nos primeiros meses do ano.

Questionado sobre possíveis coligações, Biffi disse estarem abertos a todos os partidos, com exceção das alianças proibidas pela executiva nacional do PT, com os Democratas (DEM), PPS e PSDB. Durante o encontro, também ressaltaram que não devem procurar políticos que apoiaram o impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. Também estão vetadas alianças com qualquer candidato que tenha dado declarações favoráveis ao que chamam de "golpe".


As afirmações foram feitas durante o encontro deste sábado na Capital e que reúne pré-candidatos de mais de 30 municípios. Pela tarde, o evento promovido pelo diretório estadual focou nas orientações jurídicas e contábeis sobre a nova legislação eleitoral, bem como em traçar um mapeamento pontuando a presença do PT nas cidades sul-matogrossenses. "A orientação é fazer uma campanha pé no chão", disse Biffi, referindo-se a "estruturas mínimas", consonantes à lei que proíbe e restringe as campanhas.

Mais de cem filiados passaram pelo encontro, incluindo os deputados estaduais Pedro Kemp, João Grandão, Amarildo Cruz e o vereador Marcos Alex, pré-candidado a prefeito de Campo Grande pelo partido. Na noite de ontem (24), o partido promoveu encontro no diretório municipal para o lançamento da pré-candidatura de Marcos Alex, com mais de 200 pessoas. O próximo passo, segundo o diretório, será promover eventos em cidades do interior para definição das estratégias locais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions