A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

19/08/2017 10:40

Puccineli quer candidato de consenso a presidência do PMDB em MS

Ex-governador participa nesta manhã de convenção que marca eleição municipal

Marta Ferreira e Luana Rodrigues

Só se for sem disputa. É assim que o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), quer disputar o comando da legenda no Estado, nas eleições previstas para novembro. Hoje, a presidência está a cargo do deputado Júnior Mochi, presidente também da Assembleia Legislaliva.

A afirmação de Puccinelli foi feita durante a convenção que marca a eleição em Campo Grande. O atual presidente, Ulisses Rocha, deve ser confirmado para mais um mandato. Presente ao evento, o ex-governador foi indagado mais uma vez se será candidato no próximo ano e disse que sua única intenção, no momento, é comandar a agremiação, mas se for um consenso. Ele disse que por ora, existem outros interessados, entre eles a senadora Simone Tebet.


“Postura precisa mudar”

Ainda a maior liderança do PMDB no Estado, Puccinelli comentou também a mudança do nome da legenda, que deve voltar a se chamar MDB. Afirmou concordar com a alteração, mas que ela apenas não basta. “É preciso mudar de postura e retomar os princípios do partido”, defende.

Na avaliação do ex-governador, a tão faltada reforma política precisa reduzir a quantidade de partidos no Brasil, para que as ideologias fiquem mais claras na cabeça do eleitor e dos próprios políticos. “Não existe mais de 30 idelogias”, argumenta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions