A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/12/2013 14:44

Reintegrado como auditor, Freire pode ser readmitido por Bernal

Josemil Arruda
Gustavo Freire pode voltar a trabalhar com Bernal na Prefeitura (Foto: arquivo)Gustavo Freire pode voltar a trabalhar com Bernal na Prefeitura (Foto: arquivo)

Com a decisão liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em mandado de segurança, determinando a reintegração de Gustavo Freire ao cargo de auditor fiscal da Receita Federal, o prefeito Alcides Bernal (PP) poderá trazê-lo de volta para a administração municipal, segundo informa um assessor próximo ao progressista. “Acho que deve voltar sim, mas como assessor, para atuar no gabinete do prefeito”, opinou ele.

Gustavo Freire chegou a ser o “supersecretário” de Bernal, tendo acumulado os cargos de secretário de Receita e de Governo. Hoje a pasta da Receita está ocupada interinamente por Disney de Souza Fernandes e a de Governo é comandada pelo professor Pedro Chaves.

Bernal tem uma relação muito próxima com Gustavo Freire. O confiança em Freire cresceu quando Freire trabalhou no mandato de Bernal como deputado estadual, no período de 2010 a 2012. Eleito prefeito de Campo Grande, no ano passado, Bernal deu a Freire a responsabilidade de conduzir as área de arrecadação tributária da administração municipal.

A demissão de Freire da administração de Bernal aconteceu após pressão da oposição e de aliados, que consideraram inadmissível a continuidade na prefeitura de uma autoridade demitida a bem do serviço público, sob acusação de improbidade administrativa.

Freire foi demitido do cargo de auditor fiscal em razão de um processo disciplinar decorrente da acusação de cobrança de propina na liberação de cargas quando trabalhava em Corumbá. No mandato de segurança, Freire alegou nulidade da decisão da Comissão Processante que opinou pela sua demissão, em razão dela ter sido integrada por um funcionário que não era efetivo no cargo.

 

 

STJ manda Receita Federal reintegrar Gustavo Freire ao cargo de auditor
O STJ (Superior Tribunal de Justiça) concedeu liminar, no mandado de segurança, e determinou a reintegração de Gustavo Freire, ex-secretário municipa...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...


Foi uma decisão liminar do STJ e não a garantia da inocência. Será que o Freire vai querer passar pelo vexame de novo? A escolha é dele, já que o final ele conhece.
 
marcia maria em 17/12/2013 17:06:43
Fica aqui meu sincero sentimento de vergonha da atual Administração Pública Municipal de Campo Grande. É o que acontece a muito tempo na política brasileira. Os políticos usam do artifício da péssima memória do brasileiro. "que se danem, amanhã já esqueceram mesmo". Vide Fernando Collor e muitos outros farinha do mesmo saco.
 
Edmilson Luchese em 17/12/2013 15:55:22
FREIRE ja mostrou a que veio, fazendo que que fez na RF assim como tantos outros colegas auditores que ja estao na mira da justica e logo perderao seus cargos por cobrarem propinas. Os salarios dos auditores sao tao baixos que os coitados para sobreviverem tem que dar seus pulos por fora mesmo.
O Bernal vai dar uma forcinha contratando o Freire, coitado ....... mas ai e preciso ficar de olhos abertos.
 
beatris nunes em 17/12/2013 15:21:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions