A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/11/2013 08:26

Base aliada enquadra, Bernal cede à pressão e demite Gustavo Freire

Edivaldo Bitencourt e Kleber Clajus
Prefeito e secretário municipal de Governo cederam à pressão sobre titular da Receita (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Prefeito e secretário municipal de Governo cederam à pressão sobre titular da Receita (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Sob pressão, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), decidiu, ontem à noite, demitir o secretário municipal de Receita, Gustavo Freire. Ele foi exonerado do cargo de auditor fiscal da Receita Federal pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, acusado de cobrar propina para liberar cargas de combustível em Corumbá.

Inicialmente, o prefeito decidiu manter Freire no cargo, apesar da denúncia feita pelo MPF (Ministério Público Federal) e da demissão feita pelo Governo federal. No entanto, ontem à noite, Bernal foi enquadrado pelos vereadores da base aliada e por parte do secretariado.

Segundo o líder do prefeito na Câmara, Marcos Alex (PT), a saída está confirmada. A demissão foi tomada a decisão do ponto de vista político. O prefeito demorou para demitir Freire porque “pesou questões de natureza técnica cuidando para observar o direito de defesa”. “Não de forma sumária como agem alguns colegas”, ressaltou o petista.

Ontem, após o PPS cobrar a demissão publicamente, a vereadora Luiza Ribeiro (PPS), uma das principais aliadas de Bernal no legislativo, também cobrou publicamente a exoneração imediata de Gustavo Freire. A parlamentar é autora do projeto que impõe ficha limpa para todos os servidores do primeiro escalão do Executivo.

O substituto de Freire ainda será definido por Bernal. Ele faz mistério, mas deu pistas de que o PT não indicará o novo secretário. Com a decisão, o prefeito quer afastar os boatos de que os petistas lhe enfiaram a faca no pescoço para assumir o controle da prefeitura.

Alex do PT afirmou que Bernal já tem o nome, que seria uma pessoa com perfil técnico.

Supersecretário - Gustavo Freire foi nomeado para ocupar os cargos de secretário de Governo e de Receita desde o início da gestão de Bernal. Ele foi demitido da Secretaria de Governo na terça-feira, quando o professor e suplente do senador Delcídio do Amaral (PT), Pedro Chaves, assumiu a pasta. 

Inicialmente, o prefeito decidiu manter Freire na Secretaria de Receita. No entanto, ele acabou não aguentando a pressão interna e externa para exonera-lo. A demissão deve ser publicada no Diário Oficial de Campo Grande de hoje ou amanhã. 

 



Falta só demitir o Wanderlei Ben Hur, aí sim melhora bem o secretariado
 
Reinaldo Gomes em 07/11/2013 12:14:55
No diario oficial de hoje na pagina 08 tem uma publicação de um parente do prefeito Elvio Meza Bernal , o engraçado é que o sobrenome do parente esta sem o Bernal no ato. Isso cheira sacanagem não sei não.
 
Carlos Gomes em 07/11/2013 11:01:05
Sr. Prefeito, abra sua mente g...também é gente, vereadores também pode, não tem que disfarçar, mostra sua cara, óóóóóóoi entre na ginástica da politica,........ troca essa gente que não tá nem ai, e põe gente com jogo de cintura e qualificada para gerir bons resultado, senhor prefeito. Estamos de olho nesses ilustríssimos vereadores que prometeram tanto em seu pleito eleitoral, afinal tem muita gente que está aprendendo a votar.
 
jose carlos em 07/11/2013 09:35:01
É o prefeito panela só funciona na pressão.
 
francisco manoel em 07/11/2013 08:55:55
Esperamos que a "dose" de sensatez do Sr. Prefeito aumente a cada dia pois orientações qualificadas ele está tendo.
 
carlos eduardo em 07/11/2013 08:51:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions