A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/12/2012 15:03

Reunião na próxima segunda-feira vai discutir situação da UEMS

Gabriel Neris e Paula Vitorino
Deputados Márcio Fernandes e Felipe Orro durante sessão (Foto: Wagner  Guimarães/Assembleia Legislativa)Deputados Márcio Fernandes e Felipe Orro durante sessão (Foto: Wagner Guimarães/Assembleia Legislativa)

Comissão de representantes da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), deputados estaduais e o governador André Puccinelli (PMDV) devem se reunir na próxima segunda-feira (10), às 17h, para discutir a emenda parlamentar modificada, que destinaria recursos de R$ 10 milhões para a instituição.

A emenda, de autoria dos deputados George Takimoto (PSL) e Felipe Orro (PDT), foi uma solicitação da reitoria da UEMS e tem como base o Plano de Melhoria de Infraestrutura, formatado com a ajuda da reitoria, pró-reitorias, gerentes e coordenadores das unidades universitárias espalhadas por Mato Grosso do Sul.

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) disse que o governador sinalizou em não aprovar a emenda. “Vamos conversar se parte dele este apoio, se também abraça a causa”.

Os recursos devem ser reservados para a execução de obras de construção, reforma e ampliação dos campi da universidade. Aprovado, o investimento também ocorrerá nas áreas de gestão e operacionalização e na implantação de novos laboratórios didáticos e de pesquisa, e na ampliação do acesso de novas tecnologias de informação.

Na oportunidade os deputados, integrantes da comissão e o governador irão discutir também o plano de cargos e carreiras dos professores da UEMS. A reclamação é que os professores exclusivos da instituição recebem gratificação de 50% do salário, porém na aposentadoria só consta o cálculo do salário-base.

O objetivo é que a gratificação seja incorporada ao salário para depois tenha utilização como base do cálculo da aposentadoria.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions