A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/05/2014 10:27

Reunião sobre Imbirussu tem baixa adesão de vereadores e Prefeitura “em peso”

Aline dos Santos e Kleber Clajus
Audiência acontece nesta quarta-feira na Câmara Municipal. (Foto: Kleber Clajus)Audiência acontece nesta quarta-feira na Câmara Municipal. (Foto: Kleber Clajus)

Com baixa adesão dos vereadores e presença maciça de representantes do primeiro escalão da Prefeitura de Campo Grande, a Câmara Municipal realiza hoje a audiência pública com lideranças da região Imbirussu.

Pelos vereadores, somente nove dos 29 haviam comparecido, até às 9h57, ao evento realizado em casa. No plenário, estavam presentes Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão; Chiquinho Telles (PSD), Paulo Pedra (PDT), Gilmar da Cruz (PRB), Carla Stephanini (PMDB), Edson Shimabukuro (PTB), Mário César (PMDB), Herculano Borges (SDD) e Elizeu Dionízio (SDD).

Já a Prefeitura enviou representantes de todas as secretarias. A região Imbirussu tem oito bairros, como Santo Amaro, Santo Antônio, Vila Popular e Zé Pereira.

Conforme o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, são 13 obras licitadas, no valor de R$ 22,4 milhões, para atender os bairros. Os recursos vão para posto de saúde, pavimentação e drenagem.

Outras cinco obras serão licitadas: reforma da Unidade Básica de Saúde e implantação da academia da terceira idade no Serradinho; contratação de equipe para combate à dengue; limpeza urbana e manutenção de tapa-buraco.

Diante de inúmeros pedidos para a secretaria, Semy afirma que precisava de cinco vezes mais recursos para atender a todas as solicitações.

Criticado em outras ocasiões por vereadores, que alegam demora para resposta aos pedidos encaminhados pelo Poder Legislativo, o secretário disse que atende conforme a possibilidade. “Tem momentos em que o vereador que ser atendido preferencialmente, mas será atendido como a população”, declarou.

Iniciado na semana passada, o ciclo de reuniões é para prestação de contas às demandas apresentadas por moradores durante 33 sessões comunitárias. Serão oito audiências. Na primeira, o debate foi sobre os pedidos da região do Anhanduizinho, que engloba 15 bairros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions