A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/01/2012 10:58

André pediu cuidado com a caneta para evitar gastos, diz Simone Tebet

Wendell Reis

Governadora em exercício vai recorrer à experiência de secretários para superar eventuais problemas e diz que humildade norteará sua terceira interinidade no Poder Executivo.

Governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB). (Foto: Rachid Waqued)Governadora em exercício, Simone Tebet (PMDB). (Foto: Rachid Waqued)

A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) assume o Governo do Estado até o dia 24 de janeiro, quando o governador André Puccinelli (PMDB) retorna de férias. Ao assumir o Governo pela terceira vez, a vice-governadora afirma que o friozinho na barriga é contornado pela humildade, que minimiza os problemas. Simone Tebet disse que nessa interinidade a recomendação do governador André Puccinelli é poupar a caneta, porque a tinta está acabando, numa alusão aos gastos com o custeio da máquina administrativa.

“Sempre falo que Deus não da carga a quem não da conta de carregar. Por isso, pretendo usar a humildade. A gente não sabe tudo e o dia-a-dia é aprendizado. Tenho como máxima e sempre aprendo com quem sabe mais. No Governo do Estado há secretários com muita experiência”.

Além da ajuda dos secretários mais experientes, a governadora em exercício diz que não vai se acanhar se precisar telefonar ao governador André Puccinelli em caso de um problema extraordinário. Entretanto, lembra que das duas outras vezes que ficou no comando, não precisou ligar.

A governadora em exercício acredita que não terá grandes problemas durante as férias do governador, pois o começo de janeiro é mais tranquilo, com férias parlamentares, escolares e de alguns departamentos, incluindo a iniciativa privada. Nesta semana a agenda de Simone será mais interna, com despachos na Governadoria e reuniões com prefeitos.

Segundo Simone, a recomendação mais enfática do governador foi com relação a gastos. “Não gastar muito. Tomar cuidado com a caneta porque a tinha está pouca. Dentro do orçamento e previsões de planejamento, nós estaremos desempenhando como se o governador estivesse aqui”.

Esta é a terceira vez que a vice-governadora assume o comando do Estado. A primeira vez aconteceu no inicio do ano, também durante as férias de Puccinelli, quando ela tinha assumido recentemente a vice-Governadoria. No meio do ano, Simone ficou à frente do Governo do Estado pela segunda vez durante uma semana, quando Puccinelli entrou de licença para acompanhar o tratamento de saúde de sua filha, Denise Puccinelli, em São Paulo.

Simone explica que na primeira vez que assumiu estava conhecendo o Governo e o trabalho foi de visita a secretarias e órgãos, para se interar do Governo, já que se tratava de uma continuidade de Governo e ela estava chegando recentemente. Já no segundo exercício Simone acredita que continuou o ritmo do Governo, levando em conta que a máquina não pode parar.



Puccinelli passa o Natal em casa e tira férias do Governo de 7 a 24 de janeiro
O governador André Puccinelli (PMDB) informou na manhã desta quarta-feira (21) que deve passar o Natal em casa com a sua família. Entretanto, após as...
Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions