ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 29º

Política

Trad prevê canseira com candidatura conjunta de PPS, PSDB e DEM

Por Wendell Reis | 29/01/2012 14:18

Prefeito acredita que candidato escolhido por seu grupo conseguirá agregar os partidos

Prefeito avalia que aliados estão mantendo coerência ao se reunirem para apresentar propostas(Foto:Wendell Reis)
Prefeito avalia que aliados estão mantendo coerência ao se reunirem para apresentar propostas(Foto:Wendell Reis)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB) acredita que caso se una e lance uma candidatura própria na Capital, o PSDB, DEM e o PPS devem dar uma canseira no candidato escolhido pelo PMDB nas eleições no mês de outubro.

O prefeito explica que o grupo sempre esteve junto e a proximidade nesta eleição demonstra coerência. “A gente tem que respeitar isso. Eles já têm uma afinidade desde lá de Brasília. Agora vamos ver se isso consegue se viabilizar aqui. Acho que se saírem candidatos e unidos, com certeza vão dar uma canseira na gente”.

Apesar de entender que uma disputa com o grupo que hoje é aliado do PMDB será difícil, Trad não descarta a possibilidade de um entendimento entre os partidos e uma candidatura única em Campo Grande. “Estou confiante de que o nosso candidato, na hora que for escolhido, vai conseguir agregar estas forças políticas”.

Questionado sobre a ideia de alguns partidos, incluindo PSDB, DEM e PPS, de apresentarem doze propostas para Campo Grande, com o compromisso de cumpri-las caso sejam eleitos, Trad diz que a ideia é válida e elogia a atitude. “Acho que a população quer que mostre os problemas e diga como vai resolver. É isso que a população vai ficar atenta. Acho que esta é a política certa e não criticar por criticar”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário