A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/10/2014 11:09

TRE registra redução de 47,37% no número de urnas com problemas

Kleber Clajus e Liana Feitosa
Parcial aponta aumento de 225% no número de urnas com falhas no Estado; Ao todo 12 foram substituídas (Foto: Marcos Ermínio)Parcial aponta aumento de 225% no número de urnas com falhas no Estado; Ao todo 12 foram substituídas (Foto: Marcos Ermínio)

Relatório parcial do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) registra, neste domingo (26), redução no número de urnas com defeito e substituídas. Até o momento são 47 equipamentos com problemas na atualização de hora e data e troca de bobina, sendo que 13 precisaram ser substituídos.

A redução de 47,37% nas falhas considera que no primeiro turno 83 urnas apresentam problemas e 29 urnas foram substituídas.

De acordo com dados do TRE-MS, na Capital apenas uma urna precisou ser substituída na Escola Estadual Izaura Higa, no Vila Cidade Morena. As outras 12 ocorreram em cidades do interior.

Hoje, 1,8 milhão de eleitores irão às urnas em Mato Grosso do Sul para definir presidente e governador no segundo turno. Ao todo são 999 zonas eleitorais e, em cada uma delas, dois policiais militares foram designados para garantir a segurança.

Denúncia – No caso de irregularidades durante a votação, o eleitor pode protocolar queixas por meio do sistema de webdenúncia do TRE-MS. Os casos são encaminhados diretamente para o cartório e juiz eleitoral, que estabelecem as penas aos envolvidos.

No sistema podem ser registradas queixas de todo o Estado quando praticadas ou na iminência de ocorrerem.

 

(Matéria alterada às 11h26 para correção de informações)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions