A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

25/05/2019 18:12

Unificação de impostos em reforma simplifica tributos, avaliam deputados

Deputados comentaram sobre projeto de reforma tributária que está em análise no Congresso Nacional

Leonardo Rocha
Deputados João Henrique Catan (PR) e Carlos Alberto David (PSL), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)Deputados João Henrique Catan (PR) e Carlos Alberto David (PSL), durante sessão (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

Os deputados estaduais são a favor da unificação de impostos, incluindo o ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços), porque entemde que simplifica o sistema. Esta proposta está na reforma tributária em análise no Congresso Nacional. O projeto já teve até aprovação na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara Federal.

A proposta apresentada pelo deputado Baleia Rossi (MDB-SP), prevê a unificação dos impostos: PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS, por um único tributo que se chamaria IBS (Imposto sobre Bens e Serviços), que terá o valor agregado. A intenção é simplificar e tornar mais transparente a cobrança em nível nacional.

“O governo federal inclusive já demonstrou simpatia com o projeto e depois vai enviar o seu sobre tributos federais. A ideia de unificar os tributos e simplificar o processo é sempre bem vinda”, disse o deputado Carlos Alberto David (PSL), que espera que no futuro também se reduza a carga tributária.

Para Márcio Fernandes (MDB) seria “ideal” simplificar os impostos, para facilitar a vida do empresário e cidadão, mas também espera que se reduzam os valores cobrados. “A população não aguenta mais pagar imposto, por isso se precisa da reforma”.

João Henrique Catan (PR) ainda elogiou que a proposta tenha saído do Congresso Nacional. “Isto mostra o protagonismo do Parlamento, tendo nesta situação o governo federal como colaborador e não dono do projeto”. Ele ainda cita que hoje o empresário não consegue entender a carga tributária. “Simplificar para quem está pagando”.

Recepção – O governo federal se mostrou favorável à proposta que está no Congresso. Em audiência com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, inclusive disse que o Planalto apoiar o projeto, mas que tem a intenção de em breve apresentar seu projeto de reforma tributária.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions