A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/09/2010 07:01

Vereadores de Dourados voltam ao trabalho sob protestos

Redação

Depois do escândalo que mandou nove dos 12 vereadores de Dourados para a cadeia, a Câmara Municipal da cidade retoma hoje os trabalhos, a partir das 9h, sob uma enxurrada de protestos.

A vereadora Délia Razuk (PMDB), uma das poucas que não teve o nome envolvido no esquema de corrupção da prefeitura, prevê que seja uma sessão bastante tumultuada.

"Estamos recebendo muitas informações de sindicatos e empresas, que estão se organizando para participar da sessão" detalhou.

Ela espera que os colegas já soltos das celas da Polícia Federal, por meio de liminar, estejam presentes para "dar uma satisfação à sociedade", após o escândalo envolvendo fraudes em licitações e pagamentos de propina.

Não há informações precisas, por enquanto, de quem vá aparecer na sessão desta manhã. Assessores dão conta de que Tio Julio (PRB), Marcelo Barros (DEM), José Carlos Cimatti (PSB) e Aurélio Bonatto estarão presentes à retomada dos trabalhos.

Ainda continuam presos o presidente da Casa, Sidlei Alves (DEM), Humberto Teixeira Júnior (PDT), Zezinho da Farmácia (PSDB) e Edivaldo Moreira (PDT).

Na tarde de ontem, Zezinho da Farmácia protocolou o pedido de renuncia da vice-presidência. Agora, uma nova eleição será realizada para escolher o sucessor dele.

Suplentes

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions