A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/07/2013 08:39

Vereadores promovem evento para criticar programa federal "Mais Médicos"

Jéssica Benitez

Motivo de longos e acalorados discursos desde a sessão de terça-feira na Câmara Municipal de Campo Grande, o programa “Mais Médicos”, lançado pela presidente da República Dilma Rousseff (PT), será tema de audiência pública na Casa de Leis no próximo dia 15 às 9h. A proposta partiu da Comissão Permanente de Saúde, presidida pelo médico pediatra, vereador Paulo Siufi (PMDB), que se declarou totalmente contra a medida, chegando a classifica Dilma como “guerrilheira facista”.

A revolta é fruto de alguns pontos do programa, como a contratação de 3 mil médicos cubanos sem aplicação prévia da prova de revalidação, além da obrigatoriedade de que todo os alunos de medicina trabalhem dois anos na rede pública de saúde, de forma remunerada, antes de se formarem.

A audiência pública, confirmada no Diário Oficial do Município de hoje, terá como objetivo principal debater o assunto com médicos sul-mato-grossenses e representantes dos conselhos Regional e Federal de medicina. “Não sou contra a vinda de médicos estrangeiros, mas sim contra a não aplicação da prova de revalidação a eles”, explicou Siufi.

Vereadores devem realizar audiência para debater programa federal "Mais Médicos"
A Câmara Municipal de Campo Grande, por meio da Comissão Permanente de Saúde, presidida pelo vereador Paulo Siufi (PMDB), fará audiência pública para...
Acordo na Assembleia inclui na pauta prorrogação do Refis estadual
Um acordo de lideranças na Assembleia Legislativa elevou de 27 para 35 o número de projetos a serem votados nesta quinta-feira (14). A relação de mat...


Por favor, vereador Dr. Paulo Siuf, respeite a inteligência da população de sua cidade. Em vez de "ficar se metendo" em assuntos da esfera Federal, preocupe-se com problemas reais de Campo Grande, que são muitos, principalmente os relacionados á saúde no município!!
 
MARCELLO MENDES em 11/07/2013 15:05:02
Enfim uma Presidente que teve coragem de fazer aquilo que deveria ter sido feito ha muito tempo.O sujeito estuda na Universidade Publica cujos gastos são custeadas pela sociedade e não quer retribuir com trabalho (pago) para a nação. Parabens Pres Dilma. Não ao corporativismo.
 
nelson de miranda osorio em 11/07/2013 13:30:37
Acho certo trabalharem, pois a universidade é bancada pelo governo e se é bancada pelo governo, nós pagamos através de impostos. Quem se formar em uma universidade particular (são poucos), não tem porque fazer parte do projeto. Quem for contra que ache uma solução para o problema da saúde que é séria. Criticar é fácil, fazer que é difícil. Já vimos que médico como prefeito, governador, presidente da câmara, não adianta nada, não resolve.
 
Placida Barros em 11/07/2013 11:34:20
Exatamente, nobres vereadores!

Se os profissionais formados fora do país devem passar por um "exame de proficiência", acredito que os formados dentro do país também deveriam.

Afinal, já que os profissionais locais estão tão preocupados em oferecer à população um atendimento de qualidade, que mal há em passarem por uma "provinha" básica, igual para todos os interessados em exercer a medicina por aqui?

Não quero faltar com o respeito às instituições particulares de ensino, mas acredito que médicos formados na Espanha, Portugal, Argentina - ou até mesmo Cuba! - não são tão inferiores aos médicos formados na Uniderp Anhanguera ou no Cesumar, por exemplo. É uma opinião particular minha.

Acredito que, na verdade, o que menos importa é a opinião e o bem-estar da população envolvida.
 
Guaraci Mendes em 11/07/2013 11:32:14
Eu admiro esse vereador não ter vergonha de ainda se colocar contra algo na saúde de CG. A Lei brasileiro diz que se o médico passar pela revalidação, tem o Direito de escolher aonde quer trabalhar; nesse caso resolveria? Todo profissional faz treinamento supervisionado para agir na função e assim vai ser com eles. Ta certa a Presidenta em contratar resolver o problema. Quem não gostar é porque tem plano de saúde e vive na riqueza.
 
luiz alves em 11/07/2013 09:29:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions