ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  21    CAMPO GRANDE 17º

Política

Zeca sela paz com Delcídio e fala em chapa com Puccinelli para 2014

Por Marta Ferreira e Wendell Reis | 04/02/2012 13:05
Delcídio e Zeca durante evento do PT. (Foto: Rádio Web MS)
Delcídio e Zeca durante evento do PT. (Foto: Rádio Web MS)

Diferente da vez anterior em que o presidente do PT esteve em Mato Grosso do Sul, hoje dois caciques do partido no Estado, o senador Delcídio do Amaral e o ex-governador Zeca do PT, estavam presentes e, pelos discursos e entrevistas, selaram a paz em nome da campanha deste ano e de 2014.

Zeca, que na visita anterior de Rui Falcão não compareceu, hoje, inclusive, se colocou à “disposição” para formar, nas próximas eleições para o Congresso Nacional, Assembleia e Governo, uma chapa que inclua atual governador André Puccinelli (PMDB), histórico adversário do petista.

“O André seria um bom candidato ao Senado nesta chapa”, disse, depois de comentar que apóia Delcídio para o Governo em 2014 e que pode sair candidato a deputado estadual ou federal e ao Senado. Na leitura de Zeca, o fato de poder se candidatar a deputado “libera” a vaga de Senado para uma chapa, que pode ser formada com o PMDB.

Indagado sobre essa sugestão, Delcídio atribuiu ao “calor do momento”.

Nas falas, os dois líderes petistas demonstraram intenção de aparar as arestas. Zeca disse que estará “incansavelmente” na campanha de Vander Loubet, escolhido para disputar a prefeitura de Campo Grande este ano e também no interior, e reafirmou seu apoio a Delcídio para daqui 2 anos.

“Ele está mostrando em gesto a vontade de unir o partido”, declarou Zeca sobre o senador.

“Nossas divergências não podem prejudicar o partido”, emendou Delcídio.

Para ele, a postura de Zeca indica que ele tem leitura clara da dinâmica da política. “Hoje estamos juntos e vocês vão ver em gestos”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário