A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/05/2014 09:00

Provas de julgamento do cavalo pantaneiro começam hoje na Expogrande

Bruno Chaves
Cavalos da raça serão julgados hoje e irão à leilão amanhã (Fabio Pellegrini)Cavalos da raça serão julgados hoje e irão à leilão amanhã (Fabio Pellegrini)

A programação da ACCP/MS (Associação de Criadores do Cavalo Pantaneiro) na Expogrande 2014 sofreu alterações e começou nessa sexta-feira (2) devido à forte chuva que atingiu Campo Grande durante todo o dia de ontem (1º). O julgamento morfológico da raça, onde nos animais são avaliados por especialistas começou às 7h.

O evento é importante para os criadores de Mato Grosso do Sul e de outros estados que participam da feira agropecuária. Com o julgamento, eles podem valorar suas criações. Conforme a associação, a programação tem o objetivo de promover e difundir a raça típica do Pantanal, que vem se destacando no mercado por sua resistência e rusticidade.

O julgamento morfológico teve início às 7h e segue durante a tarde. Ainda hoje, por volta das 17h, acontece a prova de laço técnico, categoria individual, onde o vencedor terá como prêmio uma moto 100 cilindradas. Já às 19h, terá início o coquetel de apresentação dos animais que vão a leilão.

Seguindo a programação, no sábado (3), pela manhã, acontece a prova de laço “Vaca Gorda”, que tem categorias aberta e em duplas. Às 19h ocorre o 13º Leilão do Cavalo Pantaneiro no Tatersal de Elite da Acrissul. Na oportunidade, serão ofertados 35 animais dos melhores criadores da raça.

Ainda na programação, o fotógrafo pantaneiro Fernando Barros realiza a exposição “Cavalo Pantaneiro sob um novo olhar”, no auditório da Acrissul, até esta sexta-feira.

Cavalo Pantaneiro – Para o presidente da ACCP/MS, Vicente Jurgielewicz, a raça do Cavalo Pantaneiro está em expansão. “É ideal para a planície e para o planalto, preza pela sustentabilidade e faz parte da nossa história. Na lida com o gado, o Cavalo Pantaneiro suporta altas temperaturas, tem o casco mais resistente e é excelente nadador”, afirmou.

“No mercado do turismo, sua docilidade é ideal para o trato com turistas. Nas competições esportivas, como o enduro equestre e as provas de laço, vem se destacando pela agilidade e fôlego”, emendou o presidente.

Para conservar e aumentar a qualidade da raça, a associação, em parceria com a Embrapa Pantanal, desenvolve pesquisas em manejo, melhoramento genético e sanidade, com tecnologias transferidas aos produtores.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions