A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

09/11/2016 11:23

Atrasos recorrentes são culpa da prefeitura, alegam conveniadas

Convênio com prefeitura tem como regra depósito até 2º dia útil

Yarima Mecchi
Mães encontraram portões fechados nesta manhã em Ceinf do bairro Aero Rancho. (Foto: Marina Pacheco)Mães encontraram portões fechados nesta manhã em Ceinf do bairro Aero Rancho. (Foto: Marina Pacheco)

A prefeitura de Campo Grande tem atrasado com frequência o repasse feito para a Omep (Organização Mundial para Educação Pré-Escolar) e Seleta (Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária) referente aos recreadores dos Ceinfs (Centro de Educação Infantil). O advogado que representa as organizações, Laudson Cruz e Ortiz, afirma que é comum o atraso no pagamento e que a demora tem sido cada vez maior. 

Veja Mais
Funcionários entram em greve hoje e pais encontram Ceinfs fechados
Com salários atrasados, trabalhadores de Ceinfs entram em greve hoje

Ainda de acordo com Ortiz, o convênio com a prefeitura tem como regra o depósito até o segundo dia útil de cada mês, mas que isso nunca foi cumprido. "Eles sempre depositavam no quarto dia útil. Falaram que ontem iam depositar da Omep e que da Seleta iam depositar hoje, mas não aconteceu".

Ele ainda disse que a falta de repasse do executivo municipal para as organizações impede que o salário seja depositado em dia. Com isso, os recreadores de Ceinfs paralisaram suas atividades hoje (9) por conta no atraso do salário que deveria ter sido pago desde segunda-feira (7). 

De acordo com funcionários que não quiseram se identificar, desde quando o Alcides Bernal voltou para a prefeitura em agosto de 2015, os salários são pagos com atraso. Funcionários informaram ainda que agora os atrasos ficam entre 10 e 15 dias e também não recebem vale transporte.

Ortiz disse ainda que a prefeitura alega a demora para conferir se a lista de funcionários, tanto da Omep quanto da Seleta, está correta para efetuar o depósito. "É comum, todo mês mandamos o nome das pessoas e o salário. Mandamos todo dia 20 para dar tempo, mas esse mês falaram que não tinham feito a verificação por falta de tempo".

O advogado alegou que as organizações estão tentando falar com a prefeitura para ver uma data para que o pagamento seja feito. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura, mas não obteve retorno.

Aviso dizia que funcionários estariam em curso na manhã de hoje. (Foto: Marina Pacheco)Aviso dizia que funcionários estariam em curso na manhã de hoje. (Foto: Marina Pacheco)

Paralisação - Os trabalhadores são terceirizados e contratados através do convênio entre prefeitura e Omep e Seleta e estão desde outubro, sem receber os salários e adicionais, como vale-transporte.

Vice-Presidente do Senalba/MS (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Culturais e Recreativas), Elenir Arruda Azevedo Leite explica esse mês os trabalhadores resolveram parar por que ainda tem essa alternativa antes das férias.

"Enquanto estão funcionando temos o recurso de parar, mas quando chegar as férias não temos mais. Já estamos fazendo a manifestação desde agora", afirma.

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) já recomendou para que os diretores de Ceinfs procurem formas de organizar o atendimento nas unidades para dar continuidade ao atendimento, ocorrendo dispensa de turmas apenas em casos extremos.


A secretaria também promete pagamento nesta quarta (9) para funcionários ligados à Omep. Já, os trabalhadores ligados à Seleta estão dependendo do repasse da folha de pagamento para o setor de auditoria da Semed.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions