A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

15/02/2014 18:09

Comerciante acusado de matar funcionário em Dourados se apresenta à Polícia

Alan Diógenes

O homem acusado de  matar Neltair Aparecido Moraes de Oliveira, 29 anos, no bairro Altos da Alvorada, região oeste de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, se apresentou à polícia na tarde de ontem (14).

Veja Mais
Acidente que matou motociclista em Dourados pode ter sido causado por carreta
Sobrevivente era alvo da fúria de homem que matou dois na frente de boate

De acordo com informações do site Dourados News, Otávio que teve apenas o primeiro nome divulgado pelo SIG (Serviço de investigações gerais), da Polícia Civil alrgou  legítima defesa. Ele entregou a Polícia  um revólver calibre 38 que teria sido utilizado no crime.

De acordo com informações da Polícia, a vítima era usuária de drogas e possuía uma extensa ficha criminal. No dia em que foi morto, Neltair estava com uma pedra de crack no bolso.

Ainda segundo informações policiais, Otávio tinha empregado Neltair em seu comércio e durante muito tempo estava lhe ajudando, inclusive a tentar largar o vício da droga. Porém, o mesmo começou a furtar objetos da empresa.

No dia do crime, Otávio chamou a vítima para conversar e os dois saíram em uma caminhonete. Neltair confessou os roubos e ambos começaram a discutir. Segundo o autor dos disparos, ele teria partido em sua direção com uma faca. Para se defender, o acusado atirou contra a vítima, atingindo o peito, pescoço, costas, ombro esquerdo e duas vezes no braço direito.

O comerciante prestou depoimento e foi liberado para responder o processo em liberdade.




Legítima defesa, descarregando o 38 no rapaz? Pois pelo que entendi da redação da matéria, a vítima foi atingida 06 vezes.
 
LUIZ CARLOS em 15/02/2014 21:00:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions