A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

02/05/2014 14:08

Fogo em conveniência pode ser criminoso e matou até bebê

Edivaldo Bitencourt e Lidiane Kober
Foto destruiu totalmente estabelecimento comercial (Foto: Marizete Spíndola)Foto destruiu totalmente estabelecimento comercial (Foto: Marizete Spíndola)

O incêndio em uma conveniência de Coronel Sapucaia, a 400 quilômetros da Capital, pode ser resultado da ação de criminosos. O fogo destruiu o estabelecimento e matou seis pessoas queimadas, incluindo-se três crianças – um bebê de 10 meses, uma menina de 4 anos e um menino de 10 anos.

Veja Mais
Incêndio expõe deficiência de cidade, que não tem delegado nem bombeiros
Pode chegar a 7 número de mortos por incêndio, segundo os bombeiros

É a maior tragédia na história de Coronel Sapucaia. O caso mobiliza policiais da cidade e de municípios vizinhos, como Amambai e Ponta Porã.

Segundo o site Capitan Bado, morreram no incêndio a dona da conveniência, Rosângela dos Santos, 50 anos, os filhos Alejandro dos Santos, 22, e Vanussa dos Santos, 26, e os netos, Thiago dos Santos, 10, Sabrina dos Santos, 4, e Stefani dos Santos, 10 meses.

Segundo vizinhos, o marido da dona da conveniência, que não foi identificado, não morreu nas chamas porque estava trabalhando no momento da tragédia.

Os corpos foram retirados dos escombros e uma multidão acompanha as investigações feita pelos policiais civis.
Os mortos, segundo testemunhas, moraram na cidade há cerca de quatro anos.

Uma das hipóteses é incêndio criminoso, já que as três crianças e a avó estavam no banheiro. Os outros dois irmãos estavam em dos cômodos da casa. 

O boato é de que uma quadrilha roubou o estabelecimento e ateou fogo, segundo a presidente da Câmara Municipal, vereadora Natacha Flores Kuacne (PSB). No entanto, segundo a Polícia Militar, ainda é uma das hipóteses para a tragédia. A outra possibilidade é de curto circuito (acidental).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions