A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Setembro de 2016

27/08/2015 14:31

Mudanças na Câmara atrasam votação de incentivos para empresas

Renata Volpe Haddad

Com a operação Coffee Break deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) na terça-feira (25), a votação dos projetos de lei na Câmara de Vereadores de Campo Grande, está parada.

Veja Mais
Alcides Bernal reassume a Prefeitura em clima de paz com os vereadores
CPI que investiga contas de Bernal e Olarte é prorrogada por 90 dias

Estavam na pauta do legislativo, 10 projetos de lei do Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande), sendo que 7 são doações de imóveis e três com pedido de isenção de tributos.

Os mesmos projetos foram colocados novamente na pauta de hoje (27) em regime de urgência especial, mas não houve votação. Um dos pedidos é a concessão de isenção de tributos para a empresa Leroy Merlin, que deve ser inaugurada até o final deste ano.

Ainda não há informações de quando esses projetos devem ser votados ou se serão colocados em pauta na próxima semana.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions