A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

28/01/2012 10:40

Na saída de show no Jockey Club: diversão, bebida e direção

Aline dos Santos

“Vocês são da blitz? Então dá o bafômetro pra eu beber”

Na saída, muitos ainda traziam cerveja, garrafa de vodka e energético turbinado com bebida alcoólica. (Foto: Marlon Ganassin)Na saída, muitos ainda traziam cerveja, garrafa de vodka e energético turbinado com bebida alcoólica. (Foto: Marlon Ganassin)

Carros com excesso de passageiros e conduzidos por motoristas alcoolizados foi cena comum na manhã deste sábado, na dispersão das 15 mil pessoas que acompanharam o show de Fatboy Slim.

A festa, regada a vinte mil latas de cerveja e 600 litros de uísque, foi no Jockey Club, em Campo Grande. Na saída, muitos ainda traziam cerveja, garrafa de vodka e energético turbinado com bebida alcoólica.

Irresponsavelmente felizes, lembravam que não tinha blitz da Lei Seca na saída. “Vocês são da blitz? Então dá o bafômetro pra eu beber”, afirmou um jovem, a caminho do carro.

Outro condutor demorou bons minutos para percorrer a curta distância entre a saída do show e o veículo. Cambaleando, ele tinha na ponta da língua a resposta sobre os passos incertos. “Sabe o que é? Eu to sem óculos”, disse, ante de colocar o óculos de sol e ir embora. “Ele tá é trêbado”, afirma a ocupante do banco do carona.

Por volta das 7h30, taxistas e mototaxistas ainda esperavam ser opção para os que exageraram na dose. “No táxi, tem uns que comentam que deixaram o carro em casa para aproveitar melhor a festa”, conta o taxista Celso Luiz. Desde as quatro horas no local, ele fez oito corridas.

Oito também foi o número de passageiros atendidos pelo mototaxista Ailton Cardoso, que chegou ao Jockey às três horas.

Acidente – Na avenida Fábio Zahran, próximo ao Parque de Exposições, um Gol bateu na traseira de um Siena, veículo oficial. O condutor se recusou a fazer o bafômetro e a Ciptran ia fazer um termo de constatação de embriaguez.




Acho que as autoridades acham que somos cego, todos sabemos que fiscalização no transito é só pra multar trabalhadores, ou eu tô errado?
 
Nilson André em 29/01/2012 10:50:43
Concordo com o Laercio, os organizadores de eventos, seus patrocinadores e a imprensa deveriam incentivar o transporte em vans, táxis e e outros. Contudo, precisa-se também de uma oferta maior destes serviços a preços civilizados e com boa divulgação e logística. Do contrário, ninguém vai abrir mão da comodidade e facilidade de ir de carro próprio, mesmo que sabendo que vai beber além do permitido
 
Eldes Ferreira em 28/01/2012 12:33:35
Os organizadores do evento, assim como patrocinadores e imprensa, deveriam incentivar o transporte para o evento em vans, táxis, mototáxis e outros conscientizando e prevenindo que condutores alcoolizados dirijam seus veículos no final da festa...concomitante a isto deveria haver uma grande blitz, contando inclusive com uma Delegacia de PC no local para atender as ocorrências.
SE BEBER NÃO DIRIJA!
 
laercio souza em 28/01/2012 12:15:41
A nossa lei tem que ser igual na Espanha, que a multa e vezes 6, o infrator vai preso.
Ainda sobre processo penal.
 
Paulo Alves em 28/01/2012 12:15:27
Até quando a culpa será sempre das "autoridades"?Vivemos em sociedade e ser pedra está na moda.
Nem todo o efetivo da polícia de trânsito do Estado resolveria o problema na saída dessa festa.
Nem todas as cadeias de Campo Grande comportariam tantos bêbados.
O problema é social/cultural, pois a educação vem de casa.
Se para se divertir é necessário beber, vá de taxi ou aceite as consequencias.
 
adriano garcia em 28/01/2012 12:05:37
Infelizmente este problema com acessibilidade só irá acabar quando, nós deficientes começarmos a denunciar.
Porque já existe uma LEI n. 4.845, DE 21 DE MAIO DE 2010, que garante acessibilidade há nós e quem não cumprir paga multa.
E por incrível que pareça esses empresários só aprendem quando sentem no bolso.
 
sabrina azambuja em 28/01/2012 12:02:58
Agetran ??? Só serve mesmo pra multar no centro da cidade durante o dia, igual a multa dada ao motociclista que estava sem cinto de segurança, que Profissional esse heim...
você acha que esses agentes querem trabalhar nas madrugadas fazendo essas Blitz ??? Brasil né aqui é igual as lutas UFC vale tudo.
 
MÁRCIO MALAGOLI em 28/01/2012 12:01:44
CADE OS GUARDAS DA AGETRAN NESTA HORA ..!! ESTAVAM DORMINDO
ISSO É CAMPO GRANDE - MS
 
CLAUDEMIR SOUZA em 28/01/2012 11:47:34
Ora leitora Lilian sabe porque não tem fiscalização, PORQUE ESTAVA CHEIO DE FILHOS DE AUTORIDADES E PERSONALIDADES, SAINDO DA FESTA...
 
Oscar Saldanha em 28/01/2012 11:40:44
Nao fazem blitz porque iriam
flagrar os filhos "deles" (autoridades e coronéis fazendeiros)...
 
Marcos José em 28/01/2012 11:39:55
Na hora de multar veículos estacionados na área azul, multar motociclista sem cinto de segurança, etc., os agentes estão presentes. Onde estavam no horário das infrações cometidas? Se houvesse mais prevenção, mais orientação e menos ganância em multar, com certeza nosso trânsito seria menos violento...
 
EDSON TROMBINE LEITE em 28/01/2012 11:39:10
é muito interresante porque as blitz so acontecem as 17:00 pois ai eles pegam trabalhadores q retornam para seu lar depois de um dia d luta atras do sustesto da familia,por que não nas saidas dos shows? por que la a maioria é filhinho de papai.... cadê as autoridades?....é no matogrosso do sul é assim blitz é para os fracos....é para os fortes muita cachaça e direçao....eu sinto muito.
 
marta lopes em 28/01/2012 11:34:31
tem que se fazer uma fiscalização mais intensa nos fim de semana proximo as casas de show,verificar se pessoas embreagadas estao dirigindo.
 
ALDINEI BONI em 28/01/2012 11:34:11
Uma cidade com várias campanhas referente ao trânsito e ainda acontecem esses tipos de abusos. Só o INGLÊS Fatboy Slim não se deu conta de que a mistura MOTORISTA, CACHAÇA E VOLANTE estariam presentes no final da festa.
 
Luciano Silgueiro em 28/01/2012 11:13:39
Nessas horas a AGETRAN não fiscaliza por quê? Por que não fazem blitz?
 
Lilian Cristiane Teles da Rosa Herrera em 28/01/2012 11:08:41
ja que a AGETRAN adora fazer blitz no horario em que o pessoal sai do serviço ou vai p serviço, porque nao estao na frente dos shows, ou ficam na frewnte das escolas dos ricos, cuidando os filhinhos de papai, ve se em frente de escola municipal ou estadual eles comparecem......
 
GLAUCE MIRIAM B DO AMARAL em 28/01/2012 06:18:57
Pra podermos beber sossegados alugamos uma van com motorista, que nos levou e buscou na porta dos camarotes. E nem saiu caro: estávamos em sete pessoas e cada um desembolsou R$ 40,00 pela vida preservada.
O show foi maravilhoso! A organização está de parabéns!
 
Alexandra Oliveira em 28/01/2012 05:28:57
Mas toda festa tem isso, essa nao foi exclusiva.
 
Jean Luiz em 28/01/2012 05:05:27
Pense Nisso !
"Só a vida ensina a viver. É preciso a gente ver primeiro tudo o que a vida tem de mau e sórdido para depois podermos descobrir o que ela tem de belo e de bom, de profundamente bom." (Érico Veríssimo) Não jogue com a vida. O bafômetro que temos que usar é individual, é nossa consciência. Esse cada ser humano já nasce com ele.
 
Luiz Gamarra de Almeida em 28/01/2012 04:59:01
A culpa é do cidadão irresponsável que bebe e dirigi.
Ha culpa também do Ministério público que sabe da natureza desses eventos e nada faz.
Tem a prefeitura que assina alvará para esse tipo de festa, também é culpada.
Cade a família desse jovens.
Ai a sociedade só lembra da Polícia nessas horas, como se fazer blitz e blitz resolvesse, a população é mal educada e inconsequente, e sobra Polícia.
 
Eliseu Fogaça em 28/01/2012 04:06:01
VOCÊS ACHAM QUE OS POLICIAIS VÃO FAZER BLITZ,QUEREM VER FAZER OS FILHOS DELES TAVAM TODOS LÁ DE POLICIAIS TAVAM LÁ E TINHA MUITOS PAIZANA LÁ TAMBEM
 
EDSON PEREIRA FREITAS em 28/01/2012 01:18:11
É verdade márcio malagoli, eu mesma recebi uma multa que diz que passei um sinal vermelho no centro da cidade em um horário que tenho certeza já estava em casa, mas como sei que não adianta recorrer porque nunca você ganha e é só perda de tempo, então é melhor pagar, mas aqui registro minha indignação contra esse pessoal da agetran.
 
maria dila em 28/01/2012 01:15:57
Depois,ficam na porta da santa casa, exigundo CTI a disposição, o estado nunca terá CTis suficientes para atender tantos irresponsáveis, eles destratam funcionários de hospitais dizendo que pagam impostos
 
Rose Reis em 28/01/2012 01:13:41
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.