A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/02/2012 13:21

Governo e Acrissul vão tentar que MPE libere shows da Expogrande

Aline dos Santos e Wendell Reis

Em reunião realizada ontem, a prefeitura concedeu o licenciamento para realização da feira, a briga agora é para liberar shows

Segundo Puccinelli, realização da feira agropecuária, sem shows, já foi autorizada. (Foto: Marlon Ganassin) Segundo Puccinelli, realização da feira agropecuária, sem shows, já foi autorizada. (Foto: Marlon Ganassin)

A queda de braço entre a Acrissul (Associação de Criadores de Mato Grosso do Sul) e o MPE (Ministério Público Estadual) sobre a realização de shows na Expogrande, maior feira agropecuária do Estado, tem um nova disputa.

Em reunião realizada ontem, a prefeitura de Campo Grande concedeu o licenciamento para realização da feira, a briga agora é para liberar os shows.

“Juntos, vamos solicitar ao Ministério Público quais os obstáculos que precisam ser vencidos para que os shows possam ocorrer”, afirma o governador André Puccinelli(PMDB).

Ele participou de reunião ontem com o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e o presidente da Acrissul, Francisco Maia. “Nós obtivemos por parte dos técnicos o licenciamento da Expogrande como feira. Cabe ainda dirimir alguns obstáculos. O Ministério Público não quer que tenha show no parque”, salienta o governador.

É buscada uma solução técnica que permita os shows. A Acrissul apresentou proposta de redirecionamento do som e deverá colocar tapumes nos arredores do local. Uma simulação de como ficará o sistema será apresentado até amanhã para a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente).

Com a Lei do Silêncio, aprovada no ano passado, foi proibida a realização de shows no Parque de Exposições Laucídio Coelho. Em 2011, um acordo com o MPE abriu uma exceção e definiu critérios para a realização dos shows, como o horário de término às 23h. A Expogrande movimenta R$ 130 milhões.

Mesmo em meio a tantas incertezas, a feira já tem até data – entre 12 e 22 de abril – e é divulgada em propaganda. Em nota, o Ministério Público informou que não pode ter mais shows no Parque de Exposições.




pior que a fernando correia da costa e o parque de exposicoes que nao pode ter show ISTO E INCRIVEL
 
joilson martins em 27/02/2012 05:00:47
Espero q tenha show da expogrande esse ano,to querendo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito ir no show do Luan Santana,LIBERA AÍ GOVERNADOR PELO BEM DAS FAS DO LUAN SANTANA!!!
 
Ana Beatriz em 21/02/2012 08:13:21
Sempre ouvi que na expogrande , era para vender bois, cavalos, ovelhas e maquinas agricolas. Omugir do boi, o relincho do cavalo, o balir das ovelhas nao atrapalham em nada a vizinhança, e porque vender shows? A grande feira precisa de shows para vender animais? se nao tiver SHOWS ? nao vai ninguem ? ou estou errado? ora ,ora, poupe a grande maioria dessas balelas.
 
martis aquino em 16/02/2012 10:01:12
sera que esta vultuosa quantia arrecadada nao da para adaptar a acustica do parque?
 
romildo rodrigues em 16/02/2012 09:43:44
TENTAR OU DETERMINAR QUE SEJA LIBERADO???????????
 
paulo campos em 16/02/2012 09:10:18
E PRO CARNAVAL DE RUA VALE A LEI DO SILÊNCIO?

 
HUMBERTO FERNANDES em 16/02/2012 08:52:03
Porque?so no parque laucidio coelho,no MORENAO pode ainda acaba com o patrimonio publico.essas pessoas sabiam antes de ir morar la que era um lugar de evento publico,sao meia duzia na maioria funcionario publico,acorda teu salario sai tambem deste evento.pois o movimento financeira R$200 milhoes,so de imposto sao R$ 20 milhoes.por isso que o estado nao vai para frente,assim nao da.
 
wanderley pires de almeida em 16/02/2012 02:48:43
parabéns presidente no mundo q vivemos temos q pedir permissão. falam q não tem ditadura como não tem. mais para consumo d droga não precisa. acorda sociedade quem governa o pais somos nos e não eles por quem grita de dor e população brasileira na fila de posto. por nosso governante tem medico particular com nossos impostos
 
dejalma g jacques em 15/02/2012 10:49:36
A população não quer e pronto. Quem manda é a população. Os ouvidos da população não são penicos. Quem faz a lei é a população, e o MPE fiscaliza o seu cumprimento. O MPE já disse que não e ponto final!
 
Hugo Alves em 15/02/2012 06:48:55
O governo estadual poderia tentar junto ao governo federal uma troca ou doação desta área da Embrapa que fica acima da vila jardim búzios e jardim aeroporto colocando ali um parque de exposições e local para shows e também uma área destinada ao nosso carnaval como também um local para que jovens e outros que gostem de fazer manobras com motocicletas pudessem ali com o apoio dos bombeiros e samu ter um local para suas diversões dentro de certa segurança , ali é um local muito bonito e também seria um grande parque colocando o lado do som dos show voltados para o lado da cidade de rochedo assim seria um centro de grande concentração de diversão e a ninguém atrapalharia, sei que é difícil mas pode ser feito se tiver apoio político. Sonhar não custa nada.
 
zildo de oliveira barros em 15/02/2012 01:57:54
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.