A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

01/11/2016 12:51

Prefeito eleito diz que ficará na Assembleia até o fim de dezembro

Leonardo Rocha
Marquinhos ao lado de Lídio Lopes e Cabo Almi, durante sessão na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)Marquinhos ao lado de Lídio Lopes e Cabo Almi, durante sessão na Assembleia (Foto: Assessoria/ALMS)

O prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), revelou que cumprirá seu mandato na Assembleia Legislativa até o fim do ano, porque quer participar da votação da LOA (Lei Orçamentária Anual), com a apresentação de emendas, para contemplar vários municípios do Estado. Sua equipe de transição na Prefeitura deve ser conhecida ainda nesta terça-feira (1º)

Veja Mais
A pedido de Marquinhos, Câmara cria grupo para acompanhar transição
Marquinhos se reúne com vereadores para discutir apoio e orçamento 2017

"Vamos ficar aqui (Assembleia) até o dia 30 de dezembro, quando vou pedir licença para assumir a Prefeitura de Campo Grande, em janeiro de 2017. Vou seguir até o fim do ano porque ainda tem muitos projetos, debates e discussões que quero participar", disse Marquinhos, no fim da sessão de hoje no legislativo estadual.

Ele citou por exemplo o projeto de orçamento para 2017, em Mato Grosso do Sul. "Tenho muitas emendas que devo apresentar para ajudar municípios do Estado, o que posso dizer é que vou ter muitas saudades desta Casa, que me acolheu com carinho, onde fiz um trabalho sério, técnico, com muita dedicação".

Marquinhos exerce seu terceiro mandato como deputado estadual, foi eleito pela primeira vez em 2006, depois reeleito em 2010 e 2014. "Se trata de um misto de responsabilidade e trabalho cumprido, com um pouco de nostalgia, para seguir a outro projeto político onde tive o apoio de 242 mil votos em Campo Grande".

Transição - Marquinhos diz que aguarda uma resposta, para então divulgar os nomes das três pessoas que vão compor a sua comissão de transição. "Se tiver esta resposta, já divulgo nesta tarde para todos". Ele espera um trabalho de qualidade e transparência, junto ao prefeito Alcides Bernal (PP).

"Estou dialogando com (Alcides) Bernal e entendo que temos um compromisso por Campo Grande". Questionado sobre um eventual "pacote de maldades" para o ano que vem, ressaltou que acredita em ações para "ajudar" sua administração, "jamais para atrapalhar".




Boas notícias Sr. Prefeito eleito. Na assembléia V.Sa. ja poderia agilar um orojeto de lei sobre as promessas que fez as pessoas de Ong de proteção animal. Seria um grande avanço e contemplaria o estado por inteiro.
 
Bey em 01/11/2016 15:23:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions