A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

23/08/2015 14:00

Novos tempos na OAB/MS

Por José Raffi Neto (*)

A população brasileira está vivendo um momento crítico de indignação diante de tantos casos de corrupção noticiados nos órgãos de imprensa, atingindo os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Há um clima de renovação e resgate da moralidade e da ética, demonstrado através dos protestos constantes que tem ocorrido, bem como diversas manifestações pessoais nas mídias sociais.

A eleição da OAB/MS deste ano está inserida neste contexto também, carecendo de renovação, oxigenação necessária para revigorar a ética profissional e a defesa da sociedade diante dos casos extremos vivenciados atualmente.

Os representantes da OAB/MS precisam estar despidos de interesses diversos, e se vestirem da função constitucional da defesa da sociedade e da atividade profissional da advocacia, pois esta é a sua essência.

É preciso rever as prioridades institucionais da OAB/MS, gastar energia com aquilo que mais afeta a sociedade e os advogados.

A gestão deve ser participativa, transparente, ouvindo os advogados e dando voz nas comissões.

O poder financeiro e político não pode ter a influência sobre a consciência dos advogados, críticos por formação. A ética e a moral não podem ser somente retórica.

Os advogados podem e devem contribuir com a sociedade na busca de novos tempos nas instituições públicas, e a eleição da OAB/MS que acontecem ainda neste ano é uma boa oportunidade de avanço.

Precisamos voltar a sentir orgulho de nossa instituição e a participação de todos é fundamental neste processo.

(*) José Raffi Neto, Advogado, Cofundador do Grupo Nossa Ordem.

Internet, Vínculos e Felicidade
A cada dia estamos passando mais tempo em celulares e computadores. Tanto que muitas vezes, quando maratonamos seriados, até a televisão pergunta: "t...
Origem espiritual da Profecia
Em minha obra Os mortos não morrem, transcrevo estudos abalizados e relatos interessantíssimos sobre a realidade da vida após o fenômeno chamado mort...
As mulheres e Einstein
Fato incomum: 1.900 mulheres discutindo agronegócio, de questões mercadológicas a tendências de tecnologia, sustentabilidade, gestão, diplomacia ambi...
A humanidade e o poder
Para enfrentar a limitação de recursos da natureza, os humanos têm que superar o egoísmo e encarar a vida com seriedade e solidariedade, estabelecend...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions