A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

20/07/2017 14:18

Por que gostamos do Homem-Aranha?

Por Oscar D'Ambrosio (*)

Por que gostamos de 'O Homem-Aranha: de volta ao lar'? Talvez um dos motivos seja que ele se apresenta como "o amigo da vizinhança", ou seja, parece estar pronto a nos ajudar numa sociedade em que cada um muitas vezes tem apenas a si mesmo como companheiro e consolo.

Talvez porque, em sua juventude, embora repleto de boas intenções, surge muito atrapalhado, sem controle dos próprios poderes. Sem saber como lidar com seus elementos diferenciadores e mesmo com a vida amorosa, é igual a todos nós. Isso o humaniza e o torna uma espécie de companheiro de caminhada existencial.

Talvez porque a sua relação com o Homem de Ferro é a de um pai com filho. Há respeito e a admiração; mas também rebeldia e desejo de provar que se é melhor do que realmente se é e de que se está pronto para desafios cada vez maiores. Aprender com os próprios erros é um mérito, mas, quando isso envolve uma cidade inteira, é preciso tomar cuidado.

Talvez as oscilações entre ser herói e ser adolescente, ou ainda, entre lidar com rivais muito além de nossa imaginação, como o Abutre, e, ao mesmo tempo, enfrentar o cotidiano de uma escola, sejam o que há de mais fascinante no recente filme do personagem. Ser especial e normal ao mesmo tempo é para poucos. O Homem-Aranha consegue!

(*) Oscar D'Ambrosio é doutor em Educação, Arte e História da Cultura e Mestre em Artes Visuais, atua na Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unes

Os três pilares do aprendizado
A educação brasileira passa por um profundo processo de transformação com a implantação da nova Base Nacional Comum Curricular. Precisamos estar pron...
O país onde tudo é obrigatório
Nos Estados Unidos, na França e na Inglaterra, as regras ou são obedecidas ou não existem, por que nessas sociedades a lei não é feita para explorar ...
Universidade pública e fundos de investimento
  A universidade pública não é gratuita, mas mantida pelos recursos dos cidadãos. E por que a Constituição brasileira escolheu determinar esse tipo d...
Uma nobre atitude de cidadania e espiritualidade
A solidariedade é intrínseca à condição humana, um dever moral que vai além da dimensão religiosa, pois todos somos gregários e frágeis. A bondade é ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions