A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

26/10/2015 15:20

Profetas para a Educação

Por Prof. Ascânio João (Chico) Sedrez (*)

O futuro pode tornar o presente fascinante. Que o digam escritores da ficção científica e cientistas que se aventuraram na literatura. E o presente nos empenha na construção do “inédito viável” (P. Freire), num horizonte idealizado, contudo vinculado às pessoas e a processos bem tangíveis.

Paradoxalmente, nesse momento com tanto desenvolvimento tecnológico, materializando previsões ou intuições dos melhores ficcionistas do século XIX e XX, temos um grande déficit de esperança. Muitos apresentam o caos como futuro, o “Apocalypse Now”!

Em outra direção, os que estamos em Educação, que atuamos com crianças e adolescentes, temos colhido, nessa geração, sinais evidentes de seres humanos muito melhores, mais abertos à diferença, com disposição ao trabalho colaborativo, mais tecnológicos, porém mais simples, francos e diretos.

O grande desafio: quais profetas desse tempo inspirarão nossa atuação na educação? Que vozes e que processos nos permitirão avançar? O certo é que a tecnologia, como caminho e linguagem, não fará a opção por nós.

O cenário da esperança e do compromisso de todos é bem descrito por um profeta vindo do “fim do mundo”. O Papa Francisco tem evidenciado um caminho possível, um diálogo para o encontro, por meio da tecnologia do abraço, do sorriso, da palavra simples e clara que têm descortinado um futuro melhor para a terra: “A casa comum de todos os homens deve continuar a erguer-se sobre uma reta compreensão da fraternidade universal e sobre o respeito pela sacralidade de cada vida humana... A casa comum de todos os homens deve edificar-se também sobre a compreensão duma certa sacralidade da natureza criada. ” (Laudato Si).

Um outro profeta atual, José Pacheco esteve conosco no 1º Simpósio Marista de Educação, Tecnologia e Linguagem. Mentor da Escola da Ponte (Portugal), reitera o principal problema da educação, também no Brasil: “continuamos a ensinar jovens do século XXI com professores do século XX e um paradigma do século XIX. Com ou sem novas tecnologias, aliás as novas tecnologias até podem contribuir para aprofundar a crise se forem usadas em função do paradigma velho” (entrevista a Vitor Tavares).

Pacheco coloca em cheque a aula, a distribuição das classes e dos tempos escolares, o papel de educadores e estudantes, questiona o que é aprendizagem e qual a finalidade da escola. Não questiona o futuro da educação, mas o inevitável fim de um modelo ultrapassado de escola. Como afirma, o problema não é do uso ou não das novas tecnologias nos espaçotempos escolares, mas da própria concepção do conhecimento e de como este se constrói.

Se temos poucos profetas contemporâneos, cujo mantra é uma educação capaz de reumanizar a comunidade mundial, é preciso ouvi-los e começar a fazer pequenos movimentos que resgatem a fé e a esperança no futuro, este futuro que se construirá na misericórdia, no cuidado educativo, no afeto e no respeito absoluto, também a partir da escola.

(*) Prof. Ascânio João (Chico) Sedrez, Diretor Geral do Colégio Marista Arquidiocesano, da Rede de Colégios do Grupo Marista.

A bolha da saúde brasileira está prestes a explodir
A crise econômica e o crescente índice de desemprego da população brasileira refletiram diretamente no setor da saúde. Recente estudo revelou que mai...
Marchinhas do coração
Sei que existem as marchinhas preferidas do coração. São as do passado ou do presente, mas não é delas que quero falar, e, sim, do sofrido coração br...
Reforma da Previdência: aprofundando o deserto na vida dos trabalhadores
O cinema enquanto “sétima arte” muitas vezes busca retratar realidades cotidianas na telona. Não foi diferente o filme “Eu, Daniel Blake”, ganhador d...
O dilema das prisões brasileiras
No último mês de janeiro assistimos, estarrecidos, às rebeliões nos presídios de Manaus, Boa Vista e Natal. As cenas de corpos sem cabeças chocaram a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions