ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

A mando de Lewandowski, presídio federal de Campo Grande terá pente-fino

Todas as cinco penitenciárias federais do País terão revisão do sistema de segurança, após fuga inédita

Por Cassia Modena | 15/02/2024 07:35
Presídio Federal de Campo Grande, que fica no Jardim Los Angeles (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Presídio Federal de Campo Grande, que fica no Jardim Los Angeles (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Todas as cinco penitenciárias federais brasileiras passarão por pente-fino nos sistemas de segurança, após fuga inédita de presidiários ser registrada na de Mossoró (RN), nesta terça-feira (13). O estabelecimento penal de Campo Grande, que fica no Jardim Los Angeles, será uma delas.

O pedido de revisão dos "equipamentos e protocolos segurança" é ordem do ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, segundo nota divulgada pela pasta federal ontem (14) à noite.

Além do pente-fino, o ministro determinou a ida do secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia, a Mossoró, acompanhado de seis servidores, para a apuração dos fatos e providências administrativas.

Ele também pediu à Polícia Federal a abertura de investigações e o deslocamento de uma equipe de peritos ao local da fuga, para apurar responsabilidades e atuar na recaptura dos dois fugitivos. A ação conta com o engajamento de mais de 100 agentes federais.

Interpol e fronteiras - Os fugitivos foram identificados como Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, apelidados de "Tatu" ou "Deisinho".

O ministro determinou que os nomes sejam inseridos na lista de procurados internacionais da Interpol e do Sistema de Proteção de Fronteiras. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) monitora rodovias.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias