ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  22    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Anvisa proíbe venda de fenol e uso do produto em procedimentos estéticos

A proibição se estendea importação, a fabricação, a manipulação, a comercialização, a propaganda do produto

Por Geniffer Valeriano | 25/06/2024 14:12
Paciente após procedimento com fenol (Foto: Reprodução internet)
Paciente após procedimento com fenol (Foto: Reprodução internet)

A Anvisa proibiu a importação, a fabricação, a manipulação, a comercialização, a propaganda e o uso de produtos à base de fenol, nesta terça-feira (25). A proibição se estende ao uso do produto em procedimentos de saúde em geral ou estéticos.

O assunto é discutido desde a morte de um jovem de 27 anos, em São Paulo, decorrente de complicações geradas por um peeling de fenol levantou o debate acerca do procedimento.

O rapaz fez o procedimento em uma clínica estética. A dona do local não tinha especialidade ou autorização para fazer o peeling. A polícia investiga o caso como homicídio. A clínica foi interditada e multada.

A decisão da Anvisa foi publicada no Diário Oficial da União. Conforme a resolução, a medida foi tomada após a Anvisa não receber estudos comprovando a eficácia e a segurança do fenol para o uso nos demais procedimentos.

Apenas produtos regularizados junto ao órgão estão autorizados a serem utilizados. “Não há produto à base de fenol regularizado na Anvisa com indicação para procedimentos de peeling”, ressalta a nota.

Ainda é explicado que a determinação permanecerá em vigor enquanto as investigações sobre os danos associados ao uso do fenol estão sendo realizadas.

“A Anvisa reforça que a medida cautelar foi motivada por preocupações com os impactos negativos na saúde das pessoas e reflete o compromisso da Agência com a proteção à saúde da população brasileira”, encerra a nota.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias