ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Brasileiros presos na fronteira são do PCC, um deles, foragido da Interpol

Brasileiros vieram de Minas Gerais para substituir membros da facção que foram presos anteriormente

Por Ana Paula Chuva | 23/10/2021 10:48
Quatro dos cinco brasileiros presos nesta manhã na fronteira (Foto: Divulgação)
Quatro dos cinco brasileiros presos nesta manhã na fronteira (Foto: Divulgação)

Identificados como Luiz Gustavo Alves de Aguiar e Jefferson Kelvin Gonçalves de Oliveira, dois dos cincos presos com arsenal em Pedro Juan Caballero, na madrugada deste domingo (23). Eles vieram de Montes Claros (MG) e são integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Luiz Gustavo, procurado no país por vários crimes, estava em uma casa localizada no Bairro Industrial na cidade de Amambay. Com ele foram apreendidos dinheiro, dois veículos sem documentação e equipamentos de radiocomunicação.

Já Jefferson, procurado pela Interpol por tráfico internacional de drogas e homicídio, foi encontrado em outra casa no bairro Potrerito junto com outros três homens que ainda não tiveram a identidade confirmada, já que estavam sem documentos na hora da prisão.

Segundo informações do site Porã News, os homens saíram de Minas Gerais e vieram para substituir membros da facção criminosa que foram presos anteriormente no comando do tráfico de drogas e outros crimes na fronteira Brasil/Paraguai.



O grupo estava sendo monitorado pela Polícia Federal e as informações foram repassadas para a Polícia paraguaia dentro do Acordo de Cooperação Tripartite. Com eles foram apreendidos ainda, dois fuzis AK 47 calibre 762 com seis carregadores, um fuzil M4 cm dois carregadores, uma pistola Glock 9mm e centenas de munições de vários calibres.

Eles estão sendo ouvidos no país vizinho e em seguida serão entregues para as autoridades brasileiras.

(Com informações site Última Hora).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário