ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Defesa Civil e Assembleia criam ponto de coleta para ajudar Rio Grande do Sul

As doações devem ser entregues na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, s/n - Jardim Veraneio

Por Lucas Mamédio | 20/05/2024 18:59
ua alagada no município de Santa Maria, no Rio Grande do Sul (Foto: Juliano Mendes/Prefeitura Municipal de Santa Maria)
ua alagada no município de Santa Maria, no Rio Grande do Sul (Foto: Juliano Mendes/Prefeitura Municipal de Santa Maria)

A Defesa Civil Estadual junta da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, começaram nesta segunda-feira (20) a campanha de arrecadação para ajudar Rio Grande do Sul. As doações devem ser entregues na Escola do Legislativo Senador Ramez Tebet, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, localizada na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, s/n - Jardim Veraneio, no Parque dos Poderes e serão levadas pela Defesa Civil até o gaúcho.

“Estabelecemos uma parceria com o Governo do Estado, através da Defesa Civil, que vai recepcionar tudo o que for doado aqui para a Assembleia Legislativa e enviar aos gaúchos", disse a deputada Mara Caseiro (PSDB), 3ª vice-presidente da ALEMS.

O coordenador adjunto da defesa Civil de Mato Grosso do Sul, Coronel Barros, considerou que a campanha é um desafio. “Nós iniciamos hoje essa arrecadação com a Assembleia Legislativa e sugerimos materiais de limpeza e higiene pessoal, sabonetes, shampoos, cobertores - pois o povo gaúcho passa por um período de muito frio e chuva -, colchões, travesseiros, além de materiais de limpeza para faxina em geral”, sugeriu.

Ele também esclareceu como funcionam os centros de distribuições das doações em Campo Grande. “O recebimento e coleta demandam organização, porque para enviarmos esses materiais ao Rio Grande do Sul são necessários montarmos as linhas de processo. Hoje temos recebimentos grandiosos no espaço Albano Franco e outros nos Centros de Tradições Gaúchas (CTG’s), por iniciativas dos próprios CTG’s”, informou.

Nos siga no Google Notícias