ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Em uma semana, MS registra 886 novos casos de dengue

Foram 39 mortes desde de janeiro

Por Tainá Jara | 02/07/2020 08:15
Larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, se desenvolvem em água parada (Foto: Divulgação/PMCG)
Larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, se desenvolvem em água parada (Foto: Divulgação/PMCG)

As notificações de novos casos de dengue caíram em relação a semana passada, em Mato Grosso do Sul. Conforme boletim epidemiológico, divulgado na noite desta quarta-feira, foram 886 pessoas diagnosticadas com dengue nos últimos sete dias, o que fez os registros subirem de 63.594 para 64.480.

Alta incidência da doença transmitidade pelo mosquito Aedes aegypti é verificada nos 79 municípios, o que mantêm o Estado como segundo do País no ranking de notificações da doença. A incidência é de 2.320,3 casos para cada 100 mil habitantes.

Campo Grande é a primeira em casos confirmados de dengue. São 10.407 diagnósticos contra 2.650 em Três Lagoas, a segunda colocada. Em Ponta Porã, a doença atingiu 1.773 pessoas.

Os óbitos não mudam há três semanas. São 39. O número vem caindo a cada mês. Maio registrou apenas 5 mortes. O menor número desde o início do ano.

A Capital registra o maior número de óbitos. Foram sete desde o início do ano. Em Corumbá, os óbitos chegaram a quatro. Naviraí e Dourados tiveram três óbitos cada. Houve mais duas em Chapadão do Sul, duas em Mundo Novo e uma, em cada um dos seguintes municípios: Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Costa Rica, Cassilândia, Paranaíba, Aquidauana, Bodoquena, Nova Andradina, Ivinhema, Itaquiraí e Sete Quedas.