ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 11º

Cidades

Governador decreta três dias de luto pela morte da cantora Delinha

A “Dama do Rasqueado” faleceu na manhã de hoje (16), em Campo Grande

Por Gabrielle Tavares | 16/06/2022 07:58
Delinha se dedicou mais de 8 décadas à música. (Foto: Arquivo Campo Grande News / Fernando Antunes)
Delinha se dedicou mais de 8 décadas à música. (Foto: Arquivo Campo Grande News / Fernando Antunes)

Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) lamentou a morte de Delanira Pereira Gonçalves, a cantora Delinha, de 85 anos, e decretou luto de três dias em todo o Estado. A “Dama do Rasqueado” faleceu na manhã desta quinta-feira (16), na casa onde morava no bairro Amambaí, em Campo Grande.

Segundo o governador, o luto será decretado em respeito a comunidade sertaneja e música regional do Estado. “Mato Grosso do Sul perde um ícone do regionalismo, mas ao mesmo tempo, deixa um legado para a música sertaneja”, afirmou.

A artista foi vítima de uma pneumonia, ficou internada por onze dias até receber alta no dia 25 de maio e se recuperava em casa.

A morte foi confirmada pelo empresário e filho de Delinha, João Paulo Pompeo. “Quero comunicar o falecimento da minha mãe, está com Deus Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, publicou nas redes sociais.

Ela é natural de Vista Alegre, distrito de Maracaju, em 7 de setembro de 1936. Se mudou para a Capital aos 8 anos, junto com os pais, para a casa de madeira onde viveu até seus últimos dias.

O velório será das 11h as 16h, na Câmara Municipal de Campo Grande, aberto ao público. O sepultamento será às 17h, no Cemitério Jardim da Paz, localizado na BR-060, Km 02, saída para Sidrolândia.

Nos siga no Google Notícias