ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 14º

Cidades

Governo relança licitação para definir quem vai cuidar dos peixes em Aquário

No dia 20 de janeiro, essa licitação não teve interessados, terminando "deserta"; obra tem orçamento de R$ 6,873 milhões

Por Silvia Frias | 28/01/2021 07:56
A obra do Aquário do Pantanal foi retomada em 2019 (Foto: Gabriel Marchese)
A obra do Aquário do Pantanal foi retomada em 2019 (Foto: Gabriel Marchese)

O governo estadual relançou a licitação para escolha de empresa responsável pela conclusão e funcionamento do SSV (sistema de suporte à vida) dos peixes do Aquário do Pantanal. No dia 20 deste mês, o certame foi aberto, porém, declarado “deserto” depois que nenhuma empresa se habilitou para o serviço.

O valor total destinado para execução desses serviços é e R$ 6.873.497,90. A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) relançou o edital, ainda na modalidade menor preço, para abertura de propostas no dia 1º de março, às 8h.

A empresa que se habilitar e for aprovada para o serviço ficará responsável pela montagem e/ou manutenção em sistema de suporte à vida de aquários ou obra correlata, com regime de sistema fechado (com recirculação de água) e filtragem da areia (mecânica, químicabiológica, sistema de ozonição e/ou ultravioleta).

O serviço  também prevê a manutenção da vida dos peixes adquiridos para exibição antes mesmo da conclusão das obras. Em 2015, 10 mil de 13 mil animais tinham morrido.

A obra do Aquário do Pantanal retornou em novembro de 2019, fazendo a contratação de vários serviços e atividades de forma separada, para concluir o projeto que começou em 2011.

Nesta retomada, a obra foi dividida em cinco frentes: construção civil, suporte a vida, instalações elétricas, maquinários e instalações e manutenção dos tanques. Ao todo a obra custará mais de R$ 200 milhões, diferente dos R$ 79 milhões que foi anunciado no início da década.

No ano passado, o governo estadual lançou sete licitações para obra do Aquário do Pantanal, que juntas superam mais de R$ 15 milhões.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário