ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

MS recebe primeira audiência pública sobre impactos da Nova Ferroeste

Portal permite participação online da população das cidades por onde ferrovia vai passar; veja como

Por Liana Feitosa | 15/05/2022 10:44
Ferrovia vai passar por 9 cidades de MS e 41 do Paraná. (Foto: José Fernando Ogura/AEN)
Ferrovia vai passar por 9 cidades de MS e 41 do Paraná. (Foto: José Fernando Ogura/AEN)

A cidade de Dourados, a 251 quilômetros de Campo Grande, recebe nesta segunda-feira (16) a primeira de sete audiências públicas para tratar sobre o EIA (Estudo de Impacto Ambiental) da Nova Ferroeste, ferrovia que vai percorrer oito cidades do Mato Grosso do Sul e 41 do Paraná, até chegar ao Porto de Paranaguá, no litoral, num traçado de 1,3 mil quilômetros. Atualmente, praticamente 40% de toda produção de MS é escoada por esse porto.

A audiência, em Dourados, acontece às 19 horas e terá a presença de técnicos envolvidos no projeto, que tem como ponto de partida a cidade de Maracaju. As audiências públicas fazem parte das etapas necessárias ao processo de licenciamento ambiental prévio do projeto.

Além do encontro em Dourados, outros dois estão programados também para a próxima semana: Guaíra, dia 18, e Cascavel, dia 19. Na semana seguinte acontecem as audiências de Paranaguá (23), São José dos Pinhais (24), Guarapuava (26) e Irati (27).

Participação online - O Governo do Paraná criou um site para dar suporte às audiências públicas, além de uma central telefônica, cujo número é 0800 900 0056, para informar e tirar dúvidas sobre a iniciativa. No portal http://www.audienciasnovaferroeste.com.br é possível assistir e participar das audiências, além de enviar mensagens. A população dos 49 municípios do traçado também pode optar pelo transporte gratuito para ir até os locais previstos das reuniões, basta se inscrever para acessar o site para saber como.

 O projeto ainda tem atendimento via WhasApp, pelo número (41) 99215-5783, e redes sociais: @audienciasnovaferroeste no Instagram e www.facebook.com/audienciasnovaferroeste no Facebook.

“É de fundamental importância a sociedade contribuir com o processo de licenciamento desse projeto de infraestrutura que vai influenciar a vida de milhões de brasileiros nas próximas décadas”, destaca o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes.

De acordo com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o projeto vai diminuir a exportação de commodities e ampliar a exportação.

Nos siga no Google Notícias