ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

No Estado, mais de mil presos participam de fase especial do Enem

Por Ângela Kempfer | 24/02/2021 10:15
Imagem divulgada pelo Governo do Estado, durante aplicação da prova do Enem em presídio. (Foto: Divulgação)
Imagem divulgada pelo Governo do Estado, durante aplicação da prova do Enem em presídio. (Foto: Divulgação)

No total, 1.226 presos de Mato Grosso do Sul se inscreveram para tentar no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Os dados são da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) que destaca a participação de 1.181 homens e mulheres só nos presídios estaduais, 95% do total. Na Penitenciária Federal, 39 se inscreveram.

Neste ano, também entrou no processo o Presídio de Trânsito de Campo Grande, com 40 internos.

A prova foi aplicada ontem e segue hoje (24), inclusive, em Unidades Educacionais de Internação, as Uneis, onde seis adolescentes infratores realizarão as provas. "A pequena participação, segundo a SAS, se deve ao perfil do público atendido, sendo o volume maior no Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja)".

O Enem nos presídios  é aplicado na modalidade PPL (Pessoas Privadas de Liberdade), um programa do Enem, voltado a aplicação das provas em unidades prisionais para presos que já tenham concluído o ensino médio.

Depois de divulgados os resultados, o responsável pedagógico de cada unidade prisional pode abrir a solicitação de participação do detento no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) ou outros programas de acesso ao ensino superior à distância.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário