ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 33º

Cidades

Pesquisa aponta que 33,9% dos moradores do Centro-Oeste ficaram sem água

Em 30 dias, 43,6% da população diminuiu o tempo do banho e 36,5% reutilizou a água da máquina de lavar

Por Gabriela Couto | 18/10/2021 09:09
Torneiras pelo país ficaram sem água em 28,7% no último mês. (Foto: Divulgação)
Torneiras pelo país ficaram sem água em 28,7% no último mês. (Foto: Divulgação)

A Paraná Pesquisas analisou entre os dias 12 a 15 de outubro como a crise hídrica impactou a vida da população brasileira. Ao todo, 2.300 brasileiros foram entrevistados por telefone, com 16 anos ou mais, dos 26 estados e Distrito Federal. O grau de confiança dos dados é de 95%, com margem estimada de erro de aproximadamente 2% para os resultados gerais.

Na região Norte e Centro-Oeste, foram realizadas 351 entrevistas e a pergunta estimulada foi: "Nos últimos 30 dias, o(a) Sr(a) ficou sem água em sua residência?". Para 66,1% dos moradores, a resposta foi não. Mas 33,9% dos habitantes das duas regiões confirmaram alguma falta de água no último mês. Em todo o país, 71,3% dos brasileiros disseram não sofrer o impacto da crise hídrica. Em contrapartida, 28,7% notaram a ausência do serviço.

 Além disso, houve mudança no hábito de consumo de água da população para tentar economizar. O número que mais se destaca para a região é que 43,6% decidiu reduzir o tempo embaixo do chuveiro nos últimos 30 dias. Outra medida relevante para tentar diminuir o impacto na conta, foi a reutilização da água da máquina de lavar. Conforme a pesquisa, 36,5% dos entrevistados disseram que deram um novo destino para a água utilizada para a limpeza da roupa.

Também teve um percentual importante, o número de entrevistados que decidiram acumular mais roupas para lavar. Ao todo, 26,8% das pessoas responderam a pesquisa dizendo que optaram por deixar mais roupas sujas para poder colocar na máquina.

No entanto, quando o assunto é diminuir a limpeza do quintal com água, apenas 2% dos moradores da região responderam que decidiram economizar na limpeza para economizar água. Outros 2,8% alegaram ter diminuído a quantidade de água dispensada na descarga e só 0,9% economiza água no que consegue.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário