ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Cidades

Policial reage a assalto em ônibus de comerciantes da Capital e dois morrem

Empresários fariam compras no Brás, mas se depararam com grupo fortemente armado, fingindo ser de policiais

Por Tainá Jara | 23/03/2021 14:40
Um dos suspeitos derruba a policial e tenta tomar sua arma (Foto: divulgação/ Agência Record)
Um dos suspeitos derruba a policial e tenta tomar sua arma (Foto: divulgação/ Agência Record)

Comerciantes que foram fazer compras no Brás, tradicional centro comercial de São Paulo, passaram por sufoco na madrugada de segunda-feira (22). Segundo a imprensa de São Paulo, o veículo saiu de Campo Grande. O ônibus de sacoleiros sofreu tentativa de assalto na rua Cachoeira, no bairro Pari, no centro da capital paulista. Dois suspeitos morreram e outros dois foram feridos, após a reação de uma policial que estava entre os passageiros.

De acordo com o portal R7, o grupo estava fortemente armado e abordou o ônibus dizendo que eram policiais e que o veículo seria revistado. Os suspeitos pediram que os passageiros, entre eles a policial, colocassem as mãos no banco da frente, anunciando o assalto.

A policial reagiu e disparou contra os quatro suspeitos. Um deles morreu ainda no local; outro foi socorrido e levado ao Hospital do Tatuapé, mas não resistiu; mais dois suspeitos permanecem internados, um no Tatuapé e outro no Hospital Mandaqui.

Imagens da câmera de um estabelecimento próximo mostram quando o ônibus para e cinco pessoas caem. Três levantam e saem correndo. Uma mulher, que parece ser a policial, fica algum tempo no chão e depois também levanta. Em seguida, outras cinco pessoas saem do ônibus, mas ainda permanecem no local.

Em determinado momento do vídeo, a policial parece voltar para dentro do ônibus. Em uma terceira cena, é possível ver quando ela é arrancada do veículo por um dos suspeitos, que a derruba no chão e tenta agredi-la. Também é possível ver quando o homem consegue tomar a arma da mão da policial e tenta atirar contra ela, mas a arma parece falhar no momento do disparo.

Conforme a polícia, entre as armas utilizadas pelo grupo, estava um fuzil falso. O caso foi registrado no 8º DP (Brás) e será encaminhado ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário