A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019

07/11/2019 09:33

Sem horário de verão, nota fiscal eletrônica com hora errada será rejeitada

Em 2019, o presidente Jair Bolsonaro revogou o horário de verão; celulares e computadores podem atualizar hora automaticamente

Fernanda Palheta
Contribuinte deverá atualizar o seu sistema operacional para que o horário de verão seja desconsiderado (Foto: Reprodução)Contribuinte deverá atualizar o seu sistema operacional para que o horário de verão seja desconsiderado (Foto: Reprodução)

 

As notas fiscais eletrônicas emitidas com o horário de verão serão rejeitadas pelo Governo do Estado. Mesmo sem o horário de verão em 2019, os relógios de celulares e computadores podem atualizar a hora automaticamente, como aconteceu no último domingo (3). 

A Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) alerta os empresários sul-mato-grossenses para as mudanças automartcas. “Nos casos em que o horário foi atualizado considerando o horário de verão, a emissão de NF-e será rejeitada (703 – Rejeicao: Data-Hora de Emissao posterior ao horário de recebimento). Por este motivo, o contribuinte deverá atualizar o seu sistema operacional para que o horário de verão seja desconsiderado”, diz a nota.

Mudança automática - Os usuários de smartphones de todo o Brasil voltaram a identificar erro nos aparelhos, que adiantaram o relógio em uma hora, no último domingo (3). A situação já havia ocorrido em 20 de outubro, quando o horário de verão entraria em vigor.

Segundo o site Tecnologia, do portal IG, a gigante Google emitiu nota informando as alterações feitas pelo governo brasileiro no horário de verão impactaram o Banco de Dados Global da IANA (Autoridade para Atribuição de Números da Internet), sistema utilizado por celulares e outros dispositivos eletrônicos para a hora certa.

"Na prática, isso significa que alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo", afirmou a empresa.

Em 2019, o presidente Jair Bolsonaro decidiu revogar o horário de verão.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions