ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

TJ-MS doa mais de R$ 1,5 milhão para o combate ao novo coronavírus

Na semana passada, o valores destinados para doação já tinham atingido R$ 941.962.32

Por Kerolyn Araújo | 04/04/2020 10:49
Fachada do TJ-MS em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)
Fachada do TJ-MS em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)


O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) já totaliza mais de R$ 1,5 milhão em penas pecuniárias que foram destinados ao combate do novo coronavírus (Covid-19). O dinheiro já foi distribuído entre instituições de diversas cidades do Estado.

Desde que estabeleceu medidas para evitar a proliferação do coronavírus, o presidente do TJ-MS, desembargador Paschoal Carmello Leandro, permitiu que magistrados e servidores atendam a população por teletrabalho, além de assinar uma portaria que autoriza a destinação dos recursos do cumprimento da pena de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo nas ações criminais, para o combate ao Covid-19.

Segundo o TJ-MS, na semana passada o valor destinado pelos magistrados de Campo Grande e das comarcas do interior já tinham atingido R$ 941.962.32, valor distribuído em Campo Grande, Iguatemi, Costa Rica, Fátima do Sul, Ivinhema, Bataguassu, Camapuã, Ribas do Rio Pardo, Três Lagoas, Angélica, Bandeirantes, Maracaju, Dourados, Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Coronel Sapucaia.

Nesta semana foram arrecadados mais R$ 546.539,70, totalizando R$ 1.488.502,02. As doações foram realizadas pelos magistrados das comarcas de Aquidauana, São Gabriel do Oeste, Jardim, Itaporã, Miranda e Nova Andradina.

Em Aquidauana, o juiz Ronaldo Gonçalves Onofri autorizou a transferência de R$ 50 mil para a Associação Aquidauanense de Assistência Hospitalar e R$ 34 mil para o Hospital da Cassems. O valor será utilizado na compra de 200 testes rápidos que possibilitem o diagnóstico do coronavírus.

Também houve doação de R$ 127 mil pela comarca de São Gabriel do Oeste, R$ 97 mil de Jardim, R$ 64 mil de Itaporã, R$ 22 mil de Miranda e R$ 150 mil de Nova Andradina.