A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/03/2013 08:36

“Meu filho nasceu de novo”, diz mãe do único sobrevivente de acidente

Viviane Oliveira e Luciana Brazil
As três mulheres estão sendo veladas na Pax Real. (Foto: Marcos Ermínio) As três mulheres estão sendo veladas na Pax Real. (Foto: Marcos Ermínio)

“Meu filho nasceu de novo”. A frase é de Ivanildi Nunes, de 62 anos, mãe de Pedro Renato Nunes Júnior, de 28 anos, o único sobrevivente do acidente de trânsito que matou três mulheres na madrugada de ontem na BR-262, entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara. Elas estão sendo veladas na Pax Real na avenida Bandeirantes, próximo da avenida Salgado Filho, em Campo Grande.

Edna Cristina Mathias Prestes, 55, e Maria Victoria Mathias Prestes Bignardi, 16, mãe e filha, e Katerine Pereira Prestes, de 27, sobrinha de Edna, estavam no veículo Peugeot, de placas de Campo Grande, que colidiu de frente com um caminhão, na altura do quilômetro 234. As três morreram no local. Pedro Renato, noivo de Katerine, teve ferimentos leves.

Ivanilde conta que o filho não consegue falar de tanta tristeza. “Ele namorou Katerine 9 anos e estava noivo há três anos. As minhas irmãs que moram no litoral de São Paulo vão vir buscá-lo para passar uma temporada lá. O meu medo é que ele caia em depressão”, disse a mãe.

Pedro é mergulhador profissional e no momento estava desempregado. A noiva Katerine, era fisioterapeuta. O acidente interrompeu a viagem da família da Capital que pretendia passar o feriadão da Semana Santa em Mairiporã, interior de São Paulo.

Acidente - A Polícia Civil vai aguardar os resultados da perícia para apontar a causa do acidente. De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, indícios indicam que o caminhão invadiu a contramão e causou a colisão com o automóvel.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) também diz que o caminhoneiro causou a colisão e aponta duas hipóteses, cochilo ou distração. Em depoimento à Polícia, o motorista negou ter causado a tragédia e responsabilizou a condutora do automóvel. Ele foi ouvido e liberado. O delegado só vai decidir pelo seu indiciamento após a avaliar o laudo.

O velório das mulheres acontece até meados da tarde de hoje. O sepultamento está previsto para as 15h30 no Memorial Park.

Apenas laudo vai definir causa de acidente que matou três mulheres
A Polícia Civil vai aguardar os resultados da perícia para apontar a causa do acidente com três mortes, ocorrido por volta das 4h desta quinta-feira,...
Mãe, filha e sobrinha, que iam passar feriado em SP, morrem em acidente
O acidente ocorrido por volta das 3h de hoje (28), na BR-262, entre Ribas do Rio Pardo e Água Clara, matou três mulheres da mesma família. A tragédia...


Só DEUS para nos proteger. Assim está difícil sair de casa para um passeio....................... Não sabemos se iremos voltar!!!!!!!!!!.
 
Solange Hernandes em 29/03/2013 16:46:25
É sempre assim, esses irresponsáveis com seus veículos gigantes matando famílias nas estradas e querendo responsabilizar as vítimas que já não tem mais como se defender, meu Deus, até quando o povo vai aguentar essas barbaridades de forma calada, será que vamos ter que usar a lei do olho por olho dente por dente.
 
rubens rocha em 29/03/2013 11:21:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions