A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

31/03/2008 20:46

Acusada de participar de morte de médico sai de presídio

Redação

A auxiliar de enfermagem Fátima Rodrigues Granja, acusada de participar da morte do médico Ademir Pimenta dos Reis em uma emboscada no dia 21 de março do ano de 2007, saiu da cadeia na última sexta-feira, dia 28 de março. A decisão de soltar a enfermeira partiu do juiz da comarca do município de Batayporã, Robson Candelório.

O magistrado acatou o pedido do advogado (que é cunhado de Fátima) de revogação da prisão dela. Fátima estava presa em um das celas do presídio feminino da cidade de Rio Brilhante, onde permaneceu por cerca de um ano.

Os outros dois acusados de participação no crime, o médico paraguaio Miguel Angel e o ex- guarda noturno, Wandir Roque continuam presos. O médico está em Campo Grande e Wandir em Nova Andradina.

Uma das vítimas que foi atingida por dois tiros na emboscada mostrou-se assustada com a liberdade de Fátima. Ela é enfermeira e junto com uma psicóloga acompanhava Ademir Pimenta dos Reis na MS-437, quando foram alvo da emboscada. (Colaborou o repórter Marcos Donzeli)

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions