A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/08/2010 11:00

Agentes de Unei "perdem" proteção e pedem auxílio da PM

Redação

A pedido do Ministério Público Estadual, os agentes que trabalham na Colônia Penal Agrícola, para onde foram transferidos os adolescentes da Unei (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, não podem mais utilizar a tonfa, uma espécie de bastão para conter presos.

De acordo com o superintendente de Assistência Socioeducativa, Hilton Vilassanti, a promotora da Infância e Juventude, Vera Aparecida Cardoso Bogalho Frost Vieira, foi ao local e solicitou que os agentes deixem de utilizar o único recurso para defesa.

A decisão provocou reação dos agentes, que hoje se negaram a retirar os garotos para o banho-de-sol. Os garotos ficaram agitados e duas equipes da PM estão no local, desde às 11h, mas do lado de fora.

Vilassanti relata que o clima é de insegurança. A unidade tem 15 agentes e 80 adolescentes. Ele explica que solicitou apoio da Polícia Militar para evitar maiores problemas. "Estou em contato com o comando, para ver se os policiais vão ficar dentro ou fora do local".

Os adolescentes foram transferidos no dia 2 de agosto, após o juiz da Infância e Adolescência, Danilo Burin, interditar a unidade por falta de condições de higiene.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions