A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

26/08/2010 20:59

Água tratada combate desperdício e beneficia a população

Redação

O sistema de tratamento da água em Campo Grande beneficia a população, que é abastecida diariamente com um produto potável, e evita o desperdício recuperando três milhões de litros diários.

Seguindo normas como a portaria 518/2004 do Ministério da Saúde, que estabelece os padrões da qualidade da água para o consumo humano; resolução 396/2008 do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente), sobre o enquadramento das águas subterrâneas e resolução 357/2005, que dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o enquadramento dos mananciais e padrões de lançamento de efluentes, a Águas Guariroba implantou o programa de qualidade da água na Capital.

O município tem 65 sistemas de abastecimento de água, que vão desde a captação até a distribuição. Quando a água sai de cada um deles, vai para os reservatórios e depois para as residências dos clientes.

"Cada vez que a água passa por uma nova fase de distribuição, ela se torna um novo sistema", explica Vera Sandim, farmacêutica e bioquímica responsável pelo laboratório de análise da água da concessionária.

Segundo ela, na estação de tratamento de água são testadas cor (para medir ferro, manganês, corantes e outros elementos), turbidez (partículas em suspensão na água), acidez, além de análises de odores e sabores até processos mais sofisticados.

Vera informa que sempre que uma reclamação é feita pelo consumidor, uma equipe da Águas vai até a casa e coleta amostra da água para verificar o problema. Se houver necessidade de correção, a concessionária é convocada a fazer.

O tratamento é acompanhado pelo laboratório, até que o resultado fique perfeito e seja entregue ao cliente. Esse tipo de serviço é feito de graça, mas muitas pessoas desconhecem, adianta Vera.

Durante o processo de análise o cavalete interno do imóvel é conferido, no entanto, a Águas Guariroba só entra no domicílio do cliente para fazer interferência quando a reclamação é embasada, com problemas como água suja ou falha na distribuição à rede.

Grande parte das reclamações que a concessionária recebe é de pessoas que nunca lavaram suas caixas de água. "Em diversas ocasiões nossas equipes encontraram de gatos a ratos em decomposição dentro da caixa d'água", esclarece Vera, alegando que os animais geralmente batem na tampa e acabam caindo. Casos como este já foram constatados em universidades e escolas.

Amostras

Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 38 milhões na quarta
Ninguém acertou as seis dezenas da sorte na noite deste sábado (19) e o prêmio da Mega-Sena acumulou em R$ 38 milhões. O próximo sorteio está previst...
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions