A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/11/2009 21:27

Aldeias de Dourados poderão ter centros de atendimento

Redação

Representantes da Secretaria Municipal de Saúde e do Hospital da Missão Evangélica Caiuá se reuniram no último sábado (14) para discutir formas de prevenção e tratamento no combate ao alcoolismo e outras dependências químicas nas aldeias de Dourados. A intenção é instalar o primeiro Caps-AD (Centro de Atendimento Psicossocial, Álcool e Drogas) em uma área indígena do Brasil.

O Caps-AD deverá contar com psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, médicos e terapeutas, sendo que além do tratamento será desenvolvido projeto de terapia ocupacional. O centro deverá funcionar no Hospital da Missão Caiuá, até que seja construído o local definitivo.

Para o secretário municipal de Saúde Mário Eduardo, a expectativa do projeto é atender mais de 13 mil indígenas na área da saúde mental e dependências químicas. Desta forma poderão ser diagnosticada a depressão e prevenido o suicídio, que dobrou nos últimos cinco anos nas aldeias de Dourados, segundo dados da Funasa (Fundação Nacional da Saúde).

O projeto deverá ser homologado na sexta-feira (20) durante reunião do Conselho de Secretários municipais de Mato Grosso do Sul. (Com informações da assessoria).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions