A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/02/2010 10:48

Axé, samba e pagode agitaram a 2ª noite em Bonito

Redação

Mais de 4 mil foliões foram a Praça de Eventos de Bonito, na segunda noite de Carnaval, ao som da Banda.Com, principal atração.

Banheiros químicos são disponibilizados para os foliões e vários policiais são vistos nas ruas. Segundo a PM, nos dois primeiros dias de festa, foram registrados apenas casos de desordem e motoristas dirigindo embriagados.

Pela avenida, na noite de sábado, a maioria das placas dos carros estacionados eram de Mato Grosso do Sul, principalmente de Dourados, Ponta Porã e Campo Grande, mas também havia veículos de Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e até do Paraguai.

O tradicional bloco Onça Pantaneira puxou o cordão de quem saiu dos hotéis e balneário para aproveitar a folia na área central da cidade.

O "Onça Pantaneira" nasceu há quatro anos por iniciativa dos empresários Nelson Chemiw, de 56 anos, proprietário do Aquário Natural e Jean Carlos Cruz, de 42 anos, dono da Fazenda Lago Azul. O Onça volta a se apresentar na segunda-feira.

Ontem, para chegar à praça, o grupo saiu da avenida Coronel Pilar de Rebuá, já esperado por pelo menos duas mil pessoas.

A avenida sempre foi ponto do Carnaval e ainda hoje é local de concentração, que fica tomado por turistas que vão até Bonito pular carnaval.

A festa na rua, regada a muita cerveja e o tradicional tereré, vem perdendo a preferência dos foliões, por que já não é permitido som em carros, o que é ruim na opinião da moradora Sulen Albuquerque, de 18 anos.

Para ela, a chuva e a falta de atrações que agradam ao público jovem vêm "apagando" o carnaval tradicional de Bonito.

Adriele da Silva, também de 18 anos, acredita que falta mais incentivo da prefeitura para manter a tradição do carnaval na avenida onde há maior concentração de foliões. "A prefeitura deveria contratar uma banda que atraia mais a moçada", opinou.

Conselho de Psicologia aprova resolução com regra para atendimento a transexuais
Em meio à polêmica que cerca a iniciativa de psicólogos para derrubar, na Justiça, uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que proíbe o...
Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions