A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/03/2015 21:01

Azambuja apresenta planejamento de ações integradas com o Paraguai

Daniel Machado
Governador foi recebido pelo presidente do Paraguai, Horacio Manuel Cartes Jaram, nesta quinta-feira (26) na residência oficial. (Foto: Divulgação)Governador foi recebido pelo presidente do Paraguai, Horacio Manuel Cartes Jaram, nesta quinta-feira (26) na residência oficial. (Foto: Divulgação)

O governador Reinaldo Azambuja foi recebido pelo presidente do Paraguai, Horacio Manuel Cartes Jaram, nesta quinta-feira (26), na residência oficial, e defendeu a realização de ações integradas e de desenvolvimento entre o Estado de Mato Grosso do Sul e o país vizinho.

Na conversa, Reinaldo destacou a importância de ações integradas de defesa sanitária. “É de fundamental importância que o Estado do Mato Grosso do Sul e o Paraguai tenham uma política clara de defesa sanitária, visando a proteção de seus rebanhos, bem como estabelecer relações comerciais, especialmente no setor de bovinos, através de corredores sanitários”, afirmou.

Em relação à logística e infraestrutura de transporte, o governador tratou da construção da ponte sobre o Rio Apa, ligando Porto Murtinho ao Paraguai; da dragagem do Rio Paraguai no tramo norte, entre Porto Murtinho e Concepcion, visando agilizar o transporte por barcaça, tanto na importação, como na exportação; e de uma ação conjunta para eliminar as restrições do Governo Argentino na operação do Rio Paraguai, na região argentina.

Outro tema discutido foi o Programa Fomentar Fronteiras, um projeto integrado de desenvolvimento empresarial na região de fronteiras com indústrias complementares. O programa criado pelo Governo tem o objetivo de facilitar e fomentar a atividade econômica nos municípios da faixa de fronteira, de forma a dar suporte a expansão de indústrias brasileiras no Paraguai, aumentando assim a competitividade e a convergência de atividades para os municípios.

Reinaldo propôs ainda um termo de cooperação entre entidades do Governo Sul-mato-grossense e o Paraguai para definição dos critérios de comercialização de produtos de origem paraguaia. O governador de Mato Grosso do Sul destacou também a importância das ligações históricas, culturais e econômicas entre o Estado e o Paraguai.

O governador também teve uma reunião com o ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite. A Comitiva do Governo de Mato Grosso do Sul contou com os secretários de Estado Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico); além do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen; da diretora de Operações do Sebrae/MS, Maristela França; e do conselheiro Luiz Cláudio Sabedotti Fornari.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Governo de MS.

 



O lado ruim dessa obra da ponte sobre o rio paraguai em Porto Murtinho , é que vira mais uma porta de entrada de drogas e desova de carros roubados, e sem contar que o Brasil sempre faz a obra sozinho sem nenhum centavo do governo do paraguai, vide ponte da amizade e Itaipu.
O que precisamos urgente é investir em segurança nas fronteiras, que a décadas estão abandonadas.
 
wild em 26/03/2015 22:09:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions