A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/10/2013 19:56

Bancários rejeitam nova contraproposta patronal e mantêm greve

Stênio Ribeiro, Agência Brasil

Bancários de todo o país rejeitaram hoje (7) a contraproposta apresentada sexta-feira (4) pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e decidiram continuar em greve. A proposta da Fenaban, que elevou o reajuste de 6,1% para 7,1%, foi considerada “melhoria irrisória” pelo Comando Nacional dos Bancários, que orientou as federações e sindicatos a rejeitar o ganho salarial de 0,97% – parcela acima da inflação de 6,1% acumulada nos últimos 12 meses.

Os bancários pedem reajuste de 11,93% (aumento real de 5%) e valorização do piso salarial e dos vales refeição e alimentação, entre outros benefícios.

No início da noite, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) divulgou nota destacando a participação “massiva” de trabalhadores nas assembleias de hoje, que rejeitaram a proposta da Fenaban. Segundo os bancários, nesta segunda-feira 11.717 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados foram paralisados em todo o país. A greve completa 20 dias amanhã (8).

Procurada pela Agência Brasil, a Fenaban não se manifestou sobre a rejeição da contraproposta, nem sobre a continuidade da mobilização dos bancários. O presidente da Contraf, Carlos Cordeiro, ressaltou, porém, que nas assembleias de hoje os bancários deixaram claro mais uma vez aos banqueiros que "não aceitam uma proposta rebaixada, absolutamente incompatível com a rentabilidade do sistema financeiro, com o aumento da produtividade dos trabalhadores do setor e com o lucro astronômico dos bancos”.

Os efeitos da greve já aparecem no mercado financeiro. O Indicador Serasa Experian informou que o número de pessoas em busca de crédito diminuiu 9,8% em setembro, em comparação com o total de agosto, em razão da greve iniciada dia 19 do mês passado. A Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas estima perdas significativas nas vendas do comércio, em níveis até 30%, em regiões como o Nordeste, onde o uso de dinheiro no varejo é mais intenso.

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região informou que a paralisação atinge 608 locais de trabalho da base da entidade e que cerca de 32 mil trabalhadores estão em greve.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


MAIS QUE NUNCA, PRECISAMOS VER COM BONS OLHOS A AUTOMAÇÃO. O CUSTO HUMANO PARA GRANDES ENTIDADES MOSTRA QUE É UM INVESTIMENTO INVIAVEL POR INUMERAS SITUAÇÕES. MAQUINAS NAO FICAM DOENTE, NAO FICAM GRAVIDAS E PRECISAM DE 6 MESES LONGE O TRABALHO, NAO APOSENTAM, NAO TEM HORA EXTRA, NAO TEM JORNADA DE TRABALHO. O NEGOCIO BOM MINIMIZAR O SER HUMANO NAS FUNÇÕES. TODOS SOFREM COM ISSO, MAS É UM CASO PRA SE PENSAR.
 
LUCIANO MARQUES em 07/10/2013 20:53:35
Não discordo que todos devam lutar por uma vida melhor, contudo quando me comparo aos trabalhadores bancários penso que trabalho o mês inteiro para ganhar um salario minimo, sem nenhum beneficio e não posso nem pensar em faltar 2 dias seguidos(19 então) claro que a rentabilidade do sistema financeiro é enorme se comparado ao salario deles, mas se comparar o salario do bancário com o da maioria dos trabalhadores que não têm beneficio algum fica difícil apoiar essa greve, mas como dizem alguns amigos, cada um com seus problemas!!
 
Aparecida Pereira em 07/10/2013 20:38:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions