A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

11/08/2010 09:47

Banco genético de MS começa a receber dados em setembro

Redação

No final do próximo mês o banco genético implantado Instituto de Análises Laboratoriais Forenses da Coordenadoria-Geral de Perícias já vai começar a ser alimentado com dados, segundo a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública).

O banco, criado oficialmente por decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, é interligado com redes de outros estados. Vai reunir perfis coletados a partir de amostras deixadas em locais de crime e em vítimas sexuais.

A partir da formação e instalação do banco de dados estadual começa a sincronização de informações com os dados inseridos no mesmo sistema em outros estados brasileiros. "Então nós colocaremos as informações obtidas nos nossos laboratórios e o mesmo acontece nos laboratórios de outras unidades do País. Se for necessário fazer uma busca mais avançada será possível sincronizar nossas informações com as de outros estados", esclarece a a diretora do Ialf, perita criminal Josemirtes Fonseca.

A formação do banco de dados e a sincronização acontece da seguinte maneira: dois computadores ficam no instituto para a inserção dos perfis obtidos em laboratório. Após este processo o dado é enviado para o servidor regional que fica no administrador de redes do Estado, que envia a informação para o banco nacional.

Serão inseridas dois tipos de informações: vestígios em locais de crime e em vítimas sexuais. A perita Josemirtes diz que o novo sistema vai possibilitar um aprofundamento no trabalho policial de investigação. "Pode acontecer de um crime ocorrer aqui e o autor fugir para outro lugar. Se ele cometer um outro crime, vai deixar vestígios e isso pode ser comparado com os dados inseridos aqui no Estado".

Josemirtes lembra ainda que a partir da implantação do sistema em todos os estados do País, será possível integrar também, através da Interpol, ao banco de dados de perfis genéticos do FBI, que é o serviço de investigação norteamericano. O FBI também foi o responsável pela elaboração do sistema

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 23 milhões
Neste sábado (18) o último dos três sorteios da semana da “Mega-Sena dos Pais) pode pagar para um ou mais acertadores até R$ 23 milhões. Durante os o...
Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions